25 anos de embargo chinês à carne e ao #leite português

25 anos de embargo chinês à carne e ao #leite português

 

É a única ‘mancha’ num relacionamento económico que os dois lados elogiam. Não fosse a China impedir a importação de carne de porco e de derivados de leite portugueses há quase 25 anos e os negócios luso-chineses seriam perfeitos.

No início da década de 90, a China decidiu embargar a importação de carne e derivados de porco de vários países da Europa, o mesmo acontecendo com o leite e os seus varios derivados.

Esta realidade tem impedido os agricultores e industriais da área de entrar no mercado chinês, mais relevante na questão da carne do porco, que os chineses muito apreciam e que encontraria na emergente classe media alta local um bom destinatário.

Em 2012, como ministro dos negócios estrangeiros, Paulo Portas decidiu dar os primeiros passos no sentido de acabar com o embargo e a situação hoje está mais próxima do que nunca de mudar. Apesar das promessas de que 2013 ou 2014 já poderiam ver a resolução do problema, a TSF sabe que a China não facilita e que o processo é muito burocrático. 2015 poderá ser o ano em que Portugal voltará a poder exportar porco e leite para China.

E esta é verdadeiramente a única mancha num relacionamento que tem vindo a crescer muito. As exportações e os negócios portugueses na China têm-se desenvolvido e a China já investiu 8 mil milhões de euros em dois anos em Portugal.

Mais negócios podem estar na calha, nomeadamente com o novo programa de privatizações que o governo português está nesta altura a vender na China.
João Paulo Meneses, na China

http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=3859387

 

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top