Marcos Tang é eleito novo presidente da Gadolando

Marcos Tang é eleito novo presidente da Gadolando

 

O criador Marcos Tang está retornando à presidência da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando). Por aclamação, o mandatário da entidade entre os anos de 2012 e 2016 volta para a sua terceira gestão à frente da associação, no biênio 2018-2020. A eleição ocorreu durante assembleia geral, realizada na Expoleite/Fenasul. Ele irá substituir Jorge Fonseca da Silva.

Tang ressaltou que quer, cada vez mais, aproximar o sócio e promover a valorização da raça junto aos produtores. “Temos muitas vacas holandesas no Rio Grande do Sul, sendo esta a principal raça produtora de leite no Estado, apesar de toda a queixa, compreensível, com o atual preço do leite.”

Um dos pilares desta nova gestão, segundo o presidente eleito, é elevar o número de registros da raça no Rio Grande do Sul, além de aumentar o controle leiteiro e a classificação morfológica dos exemplares.

Sobre o momento de dificuldades por que o setor passa, Tang reforça que o fortalecimento da entidade e a união com outras associações e autoridades políticas e econômicas serão fundamentais para que os produtores possam ter seus pleitos atendidos. “Temos que trabalhar para mostrar que o nosso leite é bom.”

http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2018/05/economia/628326-marcos-tang-e-eleito-novo-presidente-da-gadolando.html

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.


Top