Uma análise de viabilidade econí´mica.

A cadeia de laticí­nios e consumo de energia neutra nos Paí­ses Baixos: Uma análise de viabilidade econí´mica.

Solomie A. Gebrezgabher, Miranda P.M. Meuwissen, Alfons G.J.M. Oude Lansink/Biomass and Bioenergy- Volume 36, January 2012, Pages 60–68

A cadeia de laticí­nios holandesa pretende alcançar uma produção de energia neutra para toda a cadeia: do campo í  fábrica de laticí­nios e, finalmente, auto-suficiente em energia até 2020 através de uma combinação de solar, eólica e biogás. Este estudo investigou a viabilidade econí´mica da produção de eco-gás pela digestão de esterco e outros co-substratos. Um modelo de simulação da produção de 17 PJ de gás 2 eco-business modelos, desenvolveu um "independente" e um "centralizado". As distribuições de probabilidade foram escolhidos para descrever a rentabilidade e os riscos para os modelos de negócios individuais e produção de energia global no setor lácteo. As fontes de dados, entre outros, é uma rede de 23 plantas de biogás operacionais na Holanda. Os resultados das simulações mostraram que a probabilidade de um valor presente lí­quido (VPL) é negativo abaixo de 50% para ambos os modelos. A probabilidade de que os modelos de negócios combinados produzem 17 PJ irá resultar em um VPL negativo é de 23%. Um total de 109 plantas são necessárias para produzir a energia total, requerendo 8,5% da quantidade total de estrume animal produzidos nos Paí­ses Baixos para processamento. A análise de sensibilidade com base no coeficiente de correlação Spearmanrango NPV e cada uma das distribuições de amostragem de entrada mostrou que os custos de desempenho de biogás e de investimento tem um efeito significativo na determinação dos valores de VPL.

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.


Top