A demanda de lácteos na China está agitada, mas os estoques continuam - eDairy News

A demanda de lácteos na China está agitada, mas os estoques continuam

As importações de produtos lácteos pela China mostraram alguns sinais positivos no primeiro semestre do ano, com os volumes de leite em pó integral subindo 24%, quando comparados com 2015. No entanto, a demanda continua frágil, de acordo com o Rabobank, e o crescimento das recentes importações vão para reposição dos níveis dos estoques do país.

Como resultado, o Rabobank espera que as importações de leite em pó até o final do ano serão lentas. Isto está de acordo com as expectativas do USDA, que prevê crescimento de 8% nas importações de leite em pó, pela China, em 2016, cerca de 375 mil toneladas. Até junho já foram 292 mil toneladas, sugerindo que até o final do ano as importações serão mais lentas. Desta forma, apesar da relativa retomada da demanda chinesa, a preocupação continua em relação ao nível dos estoques do país, e o impacto que terá sobre a recuperação sustentável dos lácteos.

http://terraviva.com.br/site/index.php?option=com_k2&view=item&id=7273:a-demanda-de-lacteos-na-china-esta-agitada-mas-os-estoques-continuam

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top