Agrotins apresentará tecnologia para ganho de peso e qualidade do #leite no rebanho

Agrotins apresentará tecnologia para ganho de peso e qualidade do #leite no rebanho

O setor pecuarista, por exemplo, ganha uma nova ferramenta para o aumento do ganho de peso e na produção e qualidade do leite. 

A Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins – Agrotins, mais uma vez, se prepara para apresentar as inovações tecnológicas dos setores animal e vegetal. O setor pecuarista, por exemplo, ganha uma nova ferramenta para o aumento do ganho de peso e na produção e qualidade do leite. Uma empresa especializada no ramo agropecuário estará durante a Feira apresentando a nova tecnologia para os pecuaristas do Estado. A Agrotins acontecerá de 6 a 10 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas.

 

“Sabemos que a Feira é uma ótima oportunidade para apresentar nossa tecnologia, que é única no Brasil, para os produtores rurais que precisam de novas soluções para melhorar os números de suas propriedades. Esperamos uma adesão maciça por quem busca melhores rendimentos com alta tecnologia”, disse o diretor comercial da empresa Agrobeef, Giseppe Ferraz, que irá apresentar a inovação.

 

Denominada “Bactérias Microencapsuladas ou Protegidas”, a tecnologia também é chamada de Probac–Tech e são simbióticos microencapsulados com enzimas digestivas. A tecnologia é um produto em pó que pode ser consumido no sal ou na ração e tem um prazo de 90 dias para um resultado satisfatório. “Essa é uma inovação capaz de produzir resultados significativos por agir no intestino animal e não só no rumem, causando assim efeitos infinitamente melhores. O animal é capaz de aumentar em mais de 50%, o ganho do peso para o gado de corte. Os benefícios atuam também na produção leiteira, diminuindo a CCS (Contagem de Células Somáticas) no leite, melhorando a qualidade e a produtividade dos lacticínios”, afirmou Giuseppe.

 

Entre as vantagens da Probac-Tech “bactérias microencapsuladas”, podemos citar ainda: ausência de resíduos em todo o processo (produtos 100% biológico); estímulo precoce do desenvolvimento ruminal; melhora do processo digestivo, potencializando a conversão alimentar (eficiência da quebra de fibras); diminui o intervalo entre partos das vacas; aumenta a fertilidade em 30%; acaba com a diarréia na bezerrada; ganho de peso de 200 à 400 gr/dia/animal além do ganho que ele já obtinha, entre outros resultados.

 

Ainda segundo a AgroBeef a tecnologia coincide com a IN-62 (Instrução Normativa – 62) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento(MAPA), no qual determina que a partir de 2012 a Contagem de Células Somáticas (CCS) não poderá ultrapassar 600.000 CS/ml de leite.

 

 

Empresa

 

AgroBeef é a empresa que representa e distribui os produtos da Biofórmula – empresa criadora da inovação tecnológica. A Biofórmula é uma indústria que foi incubada na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Cerrados e que hoje é parceira tecnológica, sendo responsável por todos os experimentos feitos junto às Universidades Federais. A AgroBeef está instalada no Tocantins, onde 50 produtores já implantaram em janeiro deste ano a nova tecnologia Probac –Tech (Palmas, Araguaína e Paraíso) e no Estado do Pará com resultados positivos.

 

http://surgiu.com.br/noticia/149333/agrotins-apresentara-tecnologia-para-ganho-de-peso-e-qualidade-do-leite-no-rebanho.html

 

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top