# Alta Genetics lidera recordes de produção de leite mundial – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |5 junio, 2012

Indústria | # Alta Genetics lidera recordes de produção de leite mundial

O mercado de leite está em crescimento no Brasil. De acordo com dados divulgados pela Associação Leite Brasil em 2011…

O mercado de leite está em crescimento no Brasil. De acordo com dados divulgados pela Associação Leite Brasil em 2011 foram produzidos 31 bilhões de litros de leite, incremento de 1% em relação a 2010. A previsão para 2012 é um aumento de 4%, em decorríªncia da demanda interna e crescimento das exportações, que devem aumentar 15% em relação ao ano anterior, chegando a 362 milhões de litros de leite exportados.

Para acompanhar este avanço do setor os pecuaristas investem em genética para otimizar os resultados e conseguir maior eficiíªncia produtiva nos rebanhos. A genética da Alta lidera os recordes de produção de leite mundial, nacional e mineira, mostrando-se uma opção comprovada para quem procura investir em genética de qualidade.

Recorde Mundial

Gillette E Smurf (EX 91) com 16 anos de idade, atualmente é a maior produtora mundial de leite em atividade. A vaca da raça holandesa teve seu recorde de produção oficializado em 2011 pelo Guinness World Records, como recordista mundial em produção de leite vitalí­cia. Até hoje, ela já produziu 216.893 kg de leite e está indo para sua 11ª cria. No mundo apenas oito vacas superaram a barreira de 200.000 kg de leite produzido, sendo que a única ainda em vida, é Smurf. Esta vaca é filha do touro Rocky – Vu Emperor ET.

Fabio Fogaça, Gerente de Produtos Leite Importado, lembra que Smurf reafirma o objetivo da Alta em buscar e distribuir genética para produções de matrizes que sejam mais rentáveis; eficientes; livres de problemas na reprodução e na sanidade de úbere; conformação funcional e o principal, com longevidade e alto desempenho.

Recorde Nacional

Solos Formosa Mandel TE, filha do reprodutor Lutz-Meadows E Mandel-ET (pertencente í  bateria Alta Genetics) em sua sétima lactação é a recordista nacional de produção vitalí­cia – 163.280 kg de leite (final de 2010). O proprietário desta recordista e antigo cliente da Alta, Carlos Renato Los da Chácara Solos, localizada em Carambeí­ (PR), destaca que na atual lactação a vaca já produziu em 448 dias, 23.717 kg de leite e produz diariamente 30 kg de leite. “O grande desafio dos pecuaristas é aliar a alta produção leiteira com a longevidade dos animais. Isto é realizado pelo melhoramento genético dos animais”, ressalta Angelo Roberti Neto, consultor técnico da Alta Genetics.

Recorde Mineiro

Minas Gerais é o estado com maior produção leiteira do Brasil e possui sua recordista que produziu 113.105 kg (iní­cio de 2011), a vaca Lagos Sam Jasmin 387, fruto da genética Alta -touro Rich-Ro Mark Sam-ET, de propriedade de Armando Eduardo de Lima Menge – Pouso Alegre – MG. De acordo com Ricardo Bertola, consultor técnico da Alta Genetics, esta vaca teve em uma de suas lactações oficiais uma produção de 18.583 kg de leite em 365 dias de lactação, encerrando sua lactação com 38.557 kg de leite em 838 dias.

A Alta Genetics é uma das maiores empresas de melhoramento genético do mundo, com sede na cidade de Calgary, em Alberta (Canadá). Presente em mais de 100 paí­ses, a Alta possui centrais de coleta no Canadá, Estados Unidos, Holanda, China, Argentina e Brasil e é considerada lí­der mundial na entrega de soluções genéticas lucrativas. No Brasil, sua Central tem capacidade para abrigar 237 touros. Conta com 78 escritórios regionais no Brasil, totalizando aproximadamente 700 profissionais em todo paí­s.
http://www.msnoticias.com.br/?p=ler&id=87279

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas