#Argentina: investirão US$ 4,5 milhões para produção de lácteos funcionais – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |12 junio, 2012

Argentina | #Argentina: investirão US$ 4,5 milhões para produção de lácteos funcionais

A Agíªncia Nacional de Promoção Cientí­fica e Tecnológica, através do Fundo Argentina Sectorial (FONARSEC), assinou um contrato de associação público-privada…

A Agíªncia Nacional de Promoção Cientí­fica e Tecnológica, através do Fundo Argentina Sectorial (FONARSEC), assinou um contrato de associação público-privada pelo qual se destinarão 20.124.650 de pesos (US$ 4,5 milhões) ao desenvolvimento de produtos lácteos capazes de prevenir o surgimento de doenças crí´nicas não transmissí­veis.

Durante o fechamento do contrato, a coordenadora do FONARSEC, Isabel Mac Donald, destacou que “os alimentos funcionais são estratégicos internacionalmente, já que somam valor agregado í  produção de matérias-primas” e agregou que “o setor lácteo no paí­s tem, todavia, muito lugar para a incorporação de inovação em seus processos”.

O projeto será realizado pelo Instituto Nacional de Tecnologia Industrial (INTI), pelo Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA), pela Universidade Nacional do Litoral (UNL), pela Universidade do Nordeste (UNNE), pelo laboratório Prodeo SRL, pela Estancia Nuestra Señora de Itatí­ SRL e Rocí­o del Campo SC.

O Ministério da Ciíªncia, Tecnologia e Inovação Produtiva aportará, através da Agíªncia, a soma de 5.431.633 pesos (~US$ 1,2 milhão), enquanto as demais instituições envolvidas se comprometem a realizar um investimento de 14.693.017 pesos (~US$ 3,3 milhões).

As informações são da agíªncia de notí­cias Télam, traduzidas e adaptadas pela Equipe MilkPoint.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas