#Argentina: Preparam primeiro leilão global de lácteos pela internet – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |5 julio, 2012

Argentina | #Argentina: Preparam primeiro leilão global de lácteos pela internet

Produtores de leite de diferentes bacias leiteiras da Argentina se preparam nesses dias para participar, em setembro, do que será…

Produtores de leite de diferentes bacias leiteiras da Argentina se preparam nesses dias para participar, em setembro, do que será o primeiro leilão internacional de produtos lácteos argentinos.

Há alguns meses, a Argentina informou que se converteria no segundo paí­s, depois da Nova Zelí¢ndia, a realizar leilões internacionais via internet e, dessa maneira, intervir na fixação do valor dessa commodity ( leia matéria relacionada).

O projeto nasceu entre os produtores que atualmente formam o Conselho Argentino de Produção (CAP) e conta com o aval do Governo nacional e seu secretário de Comércio Interior, Guillermo Moreno. Tem como objetivo desenvolver uma polí­tica a longo prazo que enfrente o atual aumento na produção e incentive os integrantes do setor.

“Atualmente, isso só é feito pela Fonterra, da Nova Zelí¢ndia, que é a marca dos preços do leite em pó no mundo”, explicou o presidente da Sociedade Rural de Morteros, Ider Peretti. Ele disse que em 19 de julho será apresentado oficialmente o projeto de remates internacionais que será realizado através de um sistema eletrí´nico e que envolverá os diferentes tipos de produtos lácteos, soros, queijos, entre outros.

“A partir daí­, abre-se a instí¢ncia em que se inscrevem tanto os ofertantes como os interessados em adquirir produtos lácteos. Quem quiser comprar, deve apresentar garantia bancárias e as garantias necessárias para poder operar. Uma vez checado, outorga-se uma senha com a qual poderá ter acesso ao site. No caso dos ofertantes, também devem se inscrever, confirmar a produção que oferecerá, a quantidade e o preço base. Nesse caso, a produção deve cumprimentar com as normas internacionais vigentes”, disse ele, que confirmou que estimam realizar o primeiro leilão em 60 dias posteriores ao lançamento do programa. Ele disse que a estimativa é que serão oferecidas 5.000 toneladas de soro, leite em pó e diferentes tipos de queijos.

Na semana passada, ele participou da adesão de Agricultores Federados Argentina (AFA) – uma das organizações mais importantes que inclui pequenos e médios produtores de leite – na Cí¢mara Argentina de Produtores e Exportadores de Cereais e Oleaginosas (Capeco), que é a entidade criada com o objetivo de unir os pequenos e melhorar a possibilidade de colocação de seus produtos nos mercados mundiais. “Os grandes produtores já tem suas cadeias para comercialização no exterior”, disse Peretti.

Crescimento de 9% no setor

O vice-secretário do setor leiteiro da Argentina, Arturo Videla, garantiu que “um dos pontos principais da agenda de trabalho para essa etapa do ano é levar adiante o projeto de lei do setor leiteiro”. “Esse projeto dará ao setor as ferramentas para conseguir uma maior previsibilidade, sustentabilidade social, ambiental e econí´mica aos membros da cadeia”.

Nessa oportunidade, o diretor nacional de planejamento estratégico setorial, Roberto Socin, apresentou dados estatí­sticos do setor leiteiro, em que se pode observar a projeção da produção e a necessidade de aumentar as exportações, já que, se não ocorrerem inconvenientes climáticos, estima-se um crescimento da produção de 8% a 10% com relação a 2011.

Nesse sentido, ele disse que está trabalhando em ferramentas de regulamentação que permitem sustentar um maior equilí­brio no setor, assim como também em mecanismos de valor agregado, incorporação de tecnologia e promoção das exportações.

Videla insistiu na construção de uma agenda comum com os diferentes representantes do setor, com o propósito de trabalhar no desenvolvimento harmí´nico da cadeia.

A reportagem é do www.comercioyjusticia.com.ar

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas