“Aumento da produção agrícola depende de infraestrutura”, diz Cassol

“Aumento da produção agrícola depende de infraestrutura”, diz Cassol

Especialistas no assunto argumentam que quanto maiores os custos logísticos para transporte da safra menores são o lucro e a competitividade do produto brasileiro.

 

“Aumento da produção agrícola depende de infraestrutura”, diz Cassol

FOTO: (Assessoria)

O senador Ivo Cassol alertou que as péssimas condições nas estradas e as dificuldades na logística são os principais entraves para o escoamento da produção agrícola brasileira. O desabafo foi feito durante uma audiência pública da Comissão de Agricultura do Senado nesta terça-feira (3) que discutiu os investimentos em infraestrutura para garantir uma melhor competitividade da produção agrícola do país.

 

Especialistas no assunto argumentam que quanto maiores os custos logísticos para transporte da safra menores são o lucro e a competitividade do produto brasileiro. Levantamento da Confederação Nacional do Transporte (CNT) aponta que as más condições das rodovias tornam o transporte do milho e soja R$ 3,8 bilhões mais caro.

 

O impacto da dificuldade em infraestrutura tem relação direta com o custo da produção. Na contramão da safra gigantesca do Brasil que em 2017, atingiu mais de 220 milhões de toneladas, os agricultores padecem com estradas em péssimas condições, a deterioração de armazéns, além do crédito caro para estocagem nas fazendas.

 

 

Cassol alertou que o poder público está inchado. O senador defendeu a redução da folha de pagamento de servidores púbicos. O parlamentar também criticou as propostas de privatização da BR 364. “Se o governo federal não der conta de manter a espinha dorsal do pais, melhor entregar, o governo tem que ter a obrigação de manter essas estradas, imagina nós de Vilhena e de Porto Velho, termos que pagar 8 pedágios em 800 km da BR 364. Isso é um absurdo, é algo que tem impacto direto na produção do país”, reagiu.

 

Leite

 

Cassol também aproveitou a audiência para lamentar o tratamento dado pelo governo federal aos produtores de leite no país.  O Senador voltou a criticar a importação de leite do Uruguai, que derruba os preços dos produtores brasileiros. “O setor está em grave crise com essa concorrência desleal. O governo precisa rever esses empréstimos realizados pelos produtores da bacia leiteira, dar mais prazo para os produtores quitarem esses débitos. É inaceitável um litro de leite custar mais barato que uma garrafa de água”, criticou Cassol.

http://rondoniaovivo.com/politica/noticia/2018/04/03/aumento-da-producao-agricola-depende-de-infraestrutura-diz-cassol.html

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top