Aumento na produção mundial de leite leva í  redução nos preços – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |16 mayo, 2012

Leite | Aumento na produção mundial de leite leva í  redução nos preços

Os preços globais dos lácteos estão de 20% a 30% menores do que o pico alcançado no mesmo perí­odo de…

Os preços globais dos lácteos estão de 20% a 30% menores do que o pico alcançado no mesmo perí­odo de 2011, í  medida que o aumento na produção mundial de leite tem revertido déficits na oferta em excedentes. Como resultado, os maiores estoques deverão manter a pressão de baixa nos mercados internacionais de lácteos na segunda metade de 2012, de acordo com os presentes na reunião de diretores e membros do Conselho de Exportação de Lácteos dos Estados Unidos (USDEC, sigla em inglíªs) ocorrida na semana passada.

A reunião atraiu um número recorde de espectadores – o que reflete o amplo entendimento da necessidade de operar mais efetivamente nos mercados internacionais.

As atuais condições de enfraquecimento dos preços são “uma dolorosa reafirmação de que os ciclos de mercado continuarão, mesmo que a demanda, ao longo do tempo, ultrapasse a oferta”, disse o presidente do USDEC, Tom Suber. “De fato, esse é um perí­odo de redução temporaria que muitos de nossos programas pretendem abranger”.

Suber pediu que os fornecedores dos Estados Unidos protejam o volume e os ganhos de participação de mercado acumulados em 2010-11. “Não podemos perder o íªxito e o equilí­brio no mercado mundial através de nossos estoques toda vez que a oferta e a demanda entram em desequilí­brio”.

As condições de mercado em curto prazo são desafiadoras. Impulsionados pelo clima quase perfeito e pelos fortes preços ao produtor, a produção de leite nos cinco principais exportadores (União Europeia, Estados Unidos, Nova Zelí¢ndia, Austrália e Argentina) aumentaram em mais de 3% na atual estação produtiva (que começou em junho de 2011), disse o USDEC.

“A demanda internacional se mostrou insuficiente para absorver todo o excedente gerado nas regiões exportadoras”, disse o analista do Rabobank, Tim Hunt. “Mais leite está sendo canalizado em commodities estocáveis como resultado e existem alguns sinais iniciais de acúmulo de estoque, í  medida que se desenvolve o aumento na produção na UE e nos Estados Unidos”.

No ano passado, quando os maiores compradores de lácteos do mundo, Argélia, China e Rússia, coletivamente recuaram na segunda metade, o Sudeste da ísia, o Oriente Médio, a ífrica do Norte e outros paí­ses mais do que compensaram esse recuo.

Hunt espera que as condições de mercado melhore no final de 2012 ou começo de 2013, í  medida que o equilí­brio na oferta melhore. “O crescimento estrutural tende a se manter intacto”, disse ele.

A reportagem é da Dairy Herd

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas