BRF Brasil Foods vai investir R$80 milhões em novo centro de distribuição

BRF Brasil Foods vai investir R$80 milhões em novo centro de distribuição em Londrina

A BRF Brasil Foods vai construir um novo centro de distribuição na região de Londrina, no Norte do Paraná. Serão investidos 80 milhões de reais. A empresa deve gerar cerca de 350 empregos diretos e mais de 250 indiretos.
A área construída deve ter 22 mil metros quadrados e as obras têm previsão de conclusão em um ano. Além da doação do terreno, a prefeitura de Londrina fez obras de infraestrutura do sistema viário para atrair a empresa.
De acordo com a prefeitura, as obras foram necessárias porque a empresa movimentará, diariamente, 80 carretas e outros 70 veículos leves no transporte de produtos para o Paraná, Oeste Paulista e Sul do Mato Grosso do Sul. A estimativa é movimentar mais de 15 mil toneladas de produtos por mês.
A BRF tem 30 marcas no portfólio, entre elas a Sadia e Perdigão. São cerca de 100 mil funcionários em todo o mundo – 17 mil no Paraná. No Brasil, a BRF tem 35 fábricas e 20 centros de distribuição no Brasil e 10 indústrias no exterior. A BRF trabalha com mais de 13 mil produtores integrados, 30 mil fornecedores – 4 mil apenas de grãos, farelos e óleos – e 240 mil clientes globais.

Fonte: bandnewsfmcuritiba.com/brf-brasil-foods-vai-investir-r80-milhoes-em-novo-centro-de-distribuicao-em-londrina/

Tags: ,
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top