#BRF nega venda irregular de produtos da Perdigão

#BRF nega venda irregular de produtos da Perdigão

 

 
A BRF – Brasil Foods divulgou nesta segunda-feira (21/7) nota em que nega violação do acordo que possibilitou a fusão entre Sadia e Perdigão, originária da empresa. O comunicado contesta reportagem do jornal Folha de São Paulo, segundo a qual o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) estaria investigando indícios de irregularidade.

O jornal recorda que a fusão previa a retirada de 18 produtos com a marca Perdigão do mercado por um período de três a cinco anos, uma das restrições impostas pelo Cade para aprovar o acordo. No entanto, teria sido identificada pela instituição a comercialização de nove desses ítens.

Ainda de acordo com a publicação, a companhia tem até o dia 28 para responder ao Cade. Na nota , a BRF nega as irregularidades. “A BRF informa que cumpre rigorosamente o TCD, inclusive no que diz respeito aos prazos estabelecidos relativos a restrição de fabricação e comercialização de produtos com a marca Perdigão e, neste sentido, enviara ao CADE todas as informações solicitadas no prazo estabelecido, de modo a comprovar a correção de sua conduta.”

http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Economia-e-Negocios/noticia/2014/07/brf-nega-venda-irregular-de-produtos-da-perdigao.html

 

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top