BRF reforça produção de queijo em MS com investimento R$4 mi

BRF reforça produção de queijo em MS com investimento de R$4 mi

(Reuters) – A Brasil Foods anunciou nesta segunda-feira um investimento de 4 milhões de reais na construção e instalação de um entreposto de coleta e resfriamento de leite, para reforçar a produção dos queijos Sadia e Santa Rosa/Elegíª produzidos na unidade de Terenos, no Mato Grosso do Sul.O investimento será feito no municí­pio de Glória de Dourados, no centro da maior bacia leiteira do Estado. Os recursos se somam a 40 milhões de reais a serem investidos na unidade de lácteos da companhia de Carambeí­, no Paraná, de acordo com anúncio feito no iní­cio do míªs.

O novo investimento faz parte da estratégia da empresa de reforçar a produção de queijos.

“Além da farta produção de matéria-prima, Glória de Dourados oferece uma logí­stica privilegiada”, afirmou Fábio Medeiros, vice-presidente da unidade de lácteos da BRF, em nota.

A estimativa é de que 120 mil litros de leite sejam entregues por dia na unidade de Mato Grosso do Sul.

A planta da BRF em Terenos produz cerca de 400 toneladas por míªs de queijo. “A previsão é atingir 600 toneladas por míªs ainda no primeiro semestre”, afirmou Medeiros.

Os itens são comercializados sob as marcas Sadia e Santa Rosa/Elegíª, e atendem as demandas do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

“Esta planta (em Terenos) reforça a presença da BRF no Centro-Oeste, onde a companhia mantém em Itumbiara, Goiás, outra unidade de queijos”, ressaltou Medeiros.

Em novembro de 2011, a BRF adquiriu a Heloí­sa Lácteos, fabricante de queijos no Mato Grosso do Sul, por 122,5 milhões de reais.

http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRSPE84D04620120514

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top