Chile terá a maior propriedade leiteira do mundo com ordenha robotizada - eDairy News

Chile terá a maior propriedade leiteira do mundo com ordenha robotizada

 

“Esse projeto incluiu duas etapas. Primeiramente, nós comparamos os benefícios do uso de um sistema robotizado em relação a uma ordenha rotatória da mesma marca, a DeLaval. Iniciamos utilizando robôs para 500 animais e, quando verificamos as vantagens econômicas desse sistema, percebemos que seria possível melhorar a produção por vaca em 10%, além também de reduzir o estresse da vaca. Por isso, decidimos avançar. Na segunda etapa, modificamos toda a propriedade, mudando nosso sistema de ordenha convencional para um sistema robotizado. O plano é ter as nossas melhores 4500 vacas ordenhadas com um sistema robotizado e acreditamos que essa é a maneira correta para crescer no futuro”

O gerente de operações da Agrícola Ancali, Odrióm Escobar, acredita que o aumento na produção de leite pode ser atribuído ao menor tempo que as vacas gastam esperando para serem ordenhadas. Ele tem visto menos competição para entrar nos robôs do que em outros sistemas, o que tem estimulado as novilhas de primeira lactação para as ordenhas. O tempo de espera caiu para os sistemas robotizados de ordenha, ajudando a aumentar a longevidade e reduzindo a claudicação.

A propriedade possui ainda várias outras soluções DeLaval para garantir também o conforto animal, tais como sistema de ventilação para evitar o estresse calórico, pisos de borracha, escova oscilante, bebedouros e sistemas de iluminação controlados automaticamente.

Assim que o projeto for concluído, 4500 vacas serão ordenhadas com o sistema de ordenha robotizada – o VMS™ DeLaval – junto a uma sala rotatória para vacas recém-paridas ou com necessidades especiais. Hoje a propriedade opera com quatro salas rotatórias.
Enquanto muitos produtores veem o robô somente para operações em pequena escala, o CEO Pedro Heller percebeu rapidamente, após as primeiras experiências com instalações robotizadas, que havia um claro retorno no investimento em uma grande propriedade leiteira, além de garantir o conforto para os animais, um dos pilares da Agrícola Ancali.

Os primeiros VMS DeLaval iniciaram sua operação na propriedade em outubro de 2014. No início de 2017, os 64 robôs entrarão em operação, tornando o Fundo El Risquillo a maior propriedade leiteira robotizada do mundo e uma das mais produtivas.

O leite do Fundo El Risquillo vai para o mercado nacional de leite fluido do Chile. A fazenda tem mais de 9712,45 hectares de terra produzindo 71,67 milhões de quilos de silagem de milho a 500km ao sul de Santiago. Outras operações incluem a produção de carne bovina e uma fazenda de criação de cavalos.

A DeLaval é líder no seu segmento e está presente em mais de 100 países oferecendo produtos e soluções integradas para a pecuária de leite há mais de 130 anos. Nossas soluções contribuem cada vez mais para a consolidação de uma produção de leite eficiente e inteligente em fazendas de todos os tamanhos, com rebanhos de 1 até 50.000 animais.

A DeLaval é uma das três empresas do Grupo Tetra Laval, um grupo privado que começou na Suécia. As outras duas empresas são TetraPak e Sidel.

https://noticias.terra.com.br/dino/chile-tera-a-maior-propriedade-leiteira-do-mundo-com-ordenha-robotizada,1681583b424ee6b8972beb236256830b63z4i46h.html

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top