China lidera as importações mundiais de lácteos

China lidera as importações mundiais de lácteos

China – A china continua liderando as importações mundiais da maior parte dos produtos lácteos. Os volumes importados de leite em pó integral (WMP) aumentaram 10% (primeiro trimestre 215.525 toneladas), segundo informações do Instituto Nacional do Leite (Inale), com base nos dados do Observatório do Leite da Comissão Europeia.

Argélia e Brasil vêm logo depois, mas, ambos reduziram o volume de suas importações, -11% e -63% (primeiro trimestre: 77.508 e 9.566 toneladas, respectivamente). Também a China lidera nas importações de leite em pó desnatado (SMP) com incremento de 11% (primeiro trimestre: 82.480 toneladas). Logo depois vem México e Argélia, com incrementos de 9% e 32% (primeiro trimestre: 51.457 e 55.125 toneladas, respectivamente).

O Japão lidera as importações de queijo com incremento de 5% (primeiro trimestre: 67.942 toneladas). Vem seguido pelos Estados Unidos e Rússia. Dados até fevereiro mostram queda de 9% e 10%, respectivamente.

A China superou a Rússia no ranking dos importadores de manteiga neste primeiro trimestre de 2018 com incremento de 30% (primeiro trimestre: 31.180 toneladas), enquanto que a Rússia (com dados até fevereiro) aparece em segundo lugar com -50% de compras.

Principal destino do Uruguai

Por outro lado o Brasil, que foi o principal destino das importações uruguaias de lácteos em 2016 com 61% no total de faturamento deste item, caiu. Em 2017 foi responsável por apenas 39% de nossas exportações segundo dados do Uruguay XXI.

http://www.terraviva.com.br/site/index.php?option=com_k2&view=item&id=17601:china-lidera-as-importacoes-mundiais-de-lacteos&Itemid=359

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top