Contratos obrigatórios tíªm aspectos positivos mas são um substituto menor das quotas – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |3 mayo, 2012

Indústria | Contratos obrigatórios tíªm aspectos positivos mas são um substituto menor das quotas

Lisboa, 02 mai (Lusa) — Os industriais e produtores de leite reconhecem que os contratos obrigatórios para o setor, que…

Lisboa, 02 mai (Lusa) — Os industriais e produtores de leite reconhecem que os contratos obrigatórios para o setor, que o Governo quer aplicar a partir de outubro, são positivos em termos de estabilidade de negócio, mas menos eficazes do que as quotas leiteiras.

O novo modelo deve avançar na segunda quinzena de outubro, segundo a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, que admitiu envolver todos os agentes da cadeia alimentar na contratualização, incluindo a distribuição, para superar “uma deficiíªncia na configuração europeia, que só trata da relação entre produção e indústria”.

Para o presidente da ANIL (Associação Nacional dos Industriais de Lacticí­nios), Pedro Pimentel, os novos contratos serão, no entanto, “um mau substituto” para o fim das quotas leiteiras, previsto para 2015, já que este esquema estabelecia uma série de regras entre produtores e compradores, funcionando, de facto, como um contrato.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas