Cooperativa de agricultura familiar aumenta a produção de #iogurte

Cooperativa de agricultura familiar aumenta a produção de #iogurte

 

 

O crescimento em 80% na produção mensal de iogurte indústria láctea nos últimos três anos foi o resultado da orientação técnica fornecida pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, para a Cooperativa de Produção Agropecuária de Jiló (Coopag), zona rural de Várzea Nova, Bahia. O aumento de 20 para 100 mil litros de iogurte fabricados por mês proporcionou a oferta de produtos lácteos inspecionados e de boa qualidade que chegam à mesa da população, gerando emprego, renda e desenvolvimento para a região.

O presidente da Coopag, Ronaldo Carneiro, e o gerente comercial, Fred Jordão, procuraram recentemente a Adab para agradecer as orientações que foram fornecidas em 27 de julho de 2011. “Após 10 anos com as portas fechadas por irregularidades, a Agência iniciou trabalho diferenciado para retirar produtores da clandestinidade e de adequação do laticínio com instruções que envolvem toda a cadeia produtiva, desde a produção, transporte, industrialização, até o armazenamento e distribuição. Desde então a região carente comemora o constante crescimento”, contou o coordenador de Operações Especiais da Adab, Adilson Pinheiro, sem deixar de citar a importância da atividade de inspeção no processo de produção das indústrias de leite e derivados.

O gerente comercial, Fred Jordão, explicou que para tal crescimento também foi necessário fortalecer o diálogo com os cooperados para qualificar a produção de leite, oriundo das pequenas propriedades da agricultura familiar. “A Coopag contou com o apoio da Adab no trabalho de conscientização dos trabalhadores em relação às exigências higiênico-sanitárias e dos pequenos produtores rurais para melhorar a qualidade da matéria-prima. A equipe da Adab é co-responsável pelo sucesso da cooperativa”, ressaltou Jordão. O gerente continuou informando que hoje todo o leite processado vem da agricultura familiar e foi o caminho escolhido para chegar a produzir iogurte inspecionado e de qualidade, além de retirar os produtores da clandestinidade.

Para o diretor de Inspeção de Produtos Agropecuários da Adab, Adriano Bouzas, o funcionamento deste laticínio constitui uma forte ferramenta para a inclusão social, geração de emprego e renda, bem como de impulsionar o mercado regional, contribuindo para o crescimento do setor agropecuário naquela região que é muito carente. “A expectativa é que, ainda este ano, o laticínio passe a diversificar a produção, passando a fabricar também queijo e manteiga, e forneça os alimentos inspecionados para a merenda escolar de mais de 35 mil alunos da rede municipal de ensino.”, acrescentou Bouzas.

O diretor geral da Adab, Paulo Emílio Torres, finalizou dizendo que o compromisso atual da Agência é de esclarecer, orientar e fazer com que os laticínios tenham condições de funcionar, respeitando aspectos econômicos, técnicos, higiênicos e ambientais.

Fonte: ADAB, ASCOM , VÁRZEA NOVA

 

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top