ÔĽŅ Cooperativas lideram a produ√ß√£o de leite em Mato Grosso

Cooperativas lideram a produção de leite em Mato Grosso

Um estudo desenvolvido pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) apresentou o real cenário do setor pecuário leiteiro do estado. Segundo o levantamento mais da metade do leite produzido em Mato Grosso, 56,8%, é produzido pelas cooperativas, valor 31,6% superior í s industrias particulares.O Diagnóstico da Cadeia Produtiva do Leite foi uma demanda da Famato e teve a parceria do Serviço Nacional e Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e do Serviço Nacional de Aprendizagem em Cooperativismo de Mato Grosso (Sescoop-MT).

O objetivo do trabalho √© apresentar um panorama geral da pecu√°ria leiteira em Mato Grosso, com informa√ß√Ķes sobre o volume de produ√ß√£o, perfil dos produtores, indicadores de mercado, dados sobre as ind√ļstrias laticinistas, entre outras informa√ß√Ķes.

As equipes do Imea e da STG consultoria, percorreram os 11 municí­pios que concentram o maior volume de produção de leite, entrevistando 380 produtores, 33 laticí­nios e 10 cooperativas.

Segundo Rui Prado, presidente da Famato, com a publica√ß√£o dos dados, o pr√≥ximo passo √© unir for√ßas. √Ę‚ā¨ŇďCada uma das entidades envolvidas na cadeia do leite tem importantes atividades, por√©m dispersas. Agora temos que unir for√ßas para o desenvolvimento do setor. A expectativa √© que em 10 anos saltemos do 10√ā¬ļ. lugar para o topo do ranking da produ√ß√£o nacional de leite√Ę‚ā¨¬Ě, afirmou Rui.

O presidente da OCB/Sescoop-MT, Onofre Cez√°rio de Souza Filho, destacou a import√≠¬Ęncia da parceria e dos dados apresentados. √Ę‚ā¨Ňď√≠‚Äį necess√°rio que a produ√ß√£o de leite passe de atividade complementar para ser a principal renda das propriedades, mantendo a fam√≠¬≠lia unidade e a qualidade de vida para o produtor√Ę‚ā¨¬Ě, destacou Onofre.

Destaques do Diagnóstico:

No Ranking da produção de leite por Estado, MT ocupou a 10a. posição, respondendo por 2,3% da produção nacional.

Mato Grosso estado tem 20,9 mil propriedades no setor, que geram em média 92,6 litros de leite por dia;

A média estadual de produção é de 3,1 litros por vaca/dia, enquanto a média nacional é de 3,8 litros por vaca/dia;

Dos produtores entrevistados 82% realizam ordenha manual e apenas 18% usam a ordenha mec√≠¬Ęnica;

Todas as cooperativas levam algum tipo de benefí­cio indireto aos cooperados, que no preço final do leite ao associado pode chegar í  média de R$ 0,11/litro.

Fonte: Assessoria OCB/Sescoop-MT

Toda reclama√ß√£o originada das informa√ß√Ķes contidas no site de eDairy News ser√° submetida √† jurisdi√ß√£o dos Tribunais Ordin√°rios do Primeiro Distrito Judicial da Prov√≠ncia de C√≥rdoba, Rep√ļblica Argentina, sediado na Cidade de C√≥rdoba, com exclus√£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Crit√©rios na modera√ß√£o de coment√°rios em termos de publica√ß√£o e Not√≠cias de produtos em todas as suas publica√ß√Ķes.

  • No s√© considerar√°n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador √≥ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirma√ß√£o de moderador.
  • Cr√≠ticas destructivas infundadas e gratuitas, express√Ķes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xen√≥fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar v√≠nculos de p√°ginas web sem links para o tema, corre√ß√Ķes eletr√īnicas, etc ...)
  • Coment√°rios que n√£o tem sentido com a nota no setor l√°cteo.

Related posts

ÔĽŅ
Top