Criadores de gado leiteiro retomam a produção

Criadores de gado leiteiro retomam a produção

Em MG, mais de 120 milhões de litros de leite foram descartados durante a greve dos caminhoneiros. Para não jogar tudo fora teve criador que transformou leite em queijo e distribuiu para amigos e parentes.

Pedro TorresPrata, MG

O produtor de leite foi um dos mais prejudicados durante a greve dos caminhoneiros. Isso porque o leite é altamente perecível e, sem o transporte até o laticínio, milhares de litros da bebida foram descartados.

Em Prata, no Triângulo Mineiro, 7 mil litros de leite foram jogados fora na fazenda de José Zacarias Costa. Com 35 anos de experiência, o produtor rural nunca tinha passado por isso. “Tive uma perda de R$ 10.500 e tive que tirar o leite para não ter perda de animais”, explica Costa.

A Organização das Cooperativas Brasileiras estima que mais de 400 milhões de litros de leite foram descartados por produtores de todo país. Só no estado de Minas Gerais, o desperdício chegou a 125 milhões de litros.

Para tentar minimizar o descarte, o produtor Luiz Henrique Marcon transformou 600 litros de leite em muçarela e queijo fresco. O destino? “Vamos distribuir para os amigos, não vamos vender nenhum”, garante.

Mais de 30% da produção de leite do país é mineira. Só na região da cidade do Prata, 750 mil litros deixaram de ser transportados para a cooperativa que conta com aproximadamente 900 produtores associados.

Segundo Salvador Venâncio, gerente industrial da Cooprata, uma força-tarefa foi feita para agilizar a coleta do leite represado nas fazendas. “Por questão de logística, nossos transportadores fazem uma viagem por dia. Mas teve transportador que chegou a fazer quatro viagens”, explica.

http://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural/noticia/2018/06/criadores-de-gado-leiteiro-retomam-producao.html

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top