Crise ronda cadeia produtiva do leite, diz deputada

Crise ronda cadeia produtiva do leite, diz deputada

A deputada Márcia Maia (PSB) aproveitou o anúncio do Governo do Estado de um reajuste no preço do litro do leite para discutir a cadeia produtiva que, em sua opinião, sofre uma crise de gestão. A parlamentar criticou o aumento que classificou como insignificante, de 3,75% no preço do litro de leite adquirido pelo Governo para distribuição no Programa do Leite do Estado. O preço pago aos fornecedores subirá de R$ 0,80 para R$ 0,83.

“Além da seca pela qual passa hoje o nosso Estado, o programa de distribuição do leite agoniza com falta de gestão. Quero me solidarizar com as famí­lias que não recebem mais os litros de leite que recebiam antes e com a cadeia produtiva do leite, que hoje já não produz como antigamente e que está [WINDOWS-1252?]desassistida”, disse Márcia Maia. Ela acrescentou que o programa precisa de acompanhamento e avaliação permanente, para ser aperfeiçoado. “Esse é um problema que reflete diretamente na qualidade de vida da população”, finalizou.

Presente í  reunião na qual foi anunciado o reajuste, na última segunda (07), promovida por entidades da cadeia produtiva do leite, o deputado Hermano Morais (PMDB) disse, em aparte, que o impacto desta crise vai desde o setor primário, passando pelo comércio, até chegar í s famí­lias assistidas. “Os custos de energia elétrica e outros insumos afetam a produção de leite e precisam ser desonerados. Outras medidas de proteção, não somente í  produção de leite, mas í  cadeia agropecuária completa, também precisam ser adotadas”, defendeu.
Fonte: Diário de Natal

http://www.milkworld.com.br/noticias/post/crise-ronda-cadeia-produtiva-do-leite-diz-deputada

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top