Danone fecha acordo para comprar 40% de empresa africana de #lácteos

Danone fecha acordo para comprar 40% de empresa africana de #lácteos

 

 

A Danone anunciou que chegou a um acordo para comprar uma participação de 40% na empresa de laticínios queniana Brookside Dairy Limited.

O acordo com a Brookside – maior coletora de leite na África Oriental – vai permitir que a Danone entre em um dos maiores mercados do continente africano. “Este é um passo muito importante para a nossa evolução africana”, disse Emmanuel Marchant, que lidera essa expansão da empresa nos mercados internacionais, excluindo Europa, Japão e EUA.

A aquisição é o mais recente exemplo das ambições da Danone na África. O grupo já investiu mais de 1 bilhão de euros (US$ 1,35 bilhão) no continente nos últimos dois anos.

A Brookside vende principalmente leite longa vida no Quênia e países vizinhos como Tanzânia e Uganda. A companha tem cerca de 40% de participação de mercado no Quênia e mais de 140 mil fazendas de leite na região do país conhecida como “milk valley”.

Marchant disse que a Danone vai ajudar a Brookside a expandir a sua oferta de produtos no Quênia e em outros mercados.

A Danone não divulgou os termos financeiros do acordo. A empresa disse que a Brookside tem uma receita anual 130 milhões de euros.
Fonte: Valor Econômico

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top