#Defensoria Pública do RJ pede recolhimento de leite Elegíª

#Defensoria Pública do RJ pede recolhimento de leite Elegíª

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon), entrou com ação civil pública, na 7ª Vara Empresarial da Capital, na segunda-feira, 4, contra a fabricante do leite Elegíª, Brasil Foods, para pedir o recolhimento imediato das caixas do produto do lote CDV 19:46 postas í  venda. O Nudecon recebeu dez denúncias de pessoas que sentiram sensação cáustica e queimação na garganta após ingerir o leite desnatado. A Defensoria encaminhou as queixas ao Instituto de Criminalí­stica Carlos í‰boli (ICCE), que concluiu que o leite está impróprio para o consumo. Apesar do problema, o produto tinha embalagens sem deformidade e dentro da data de validade.

Na ação, foi pedido que sejam apresentados laudos de laboratórios independentes atestando a propriedade de todos os lotes de leite comercializados no varejo.

A Defensoria quer ainda obrigar que o fabricante comunique os consumidores com anúncios nos meios de comunicação sobre a possibilidade de nocividade í  saúde do lote do leite desnatado CDV 19:46. í‰ solicitada também fixação de multa de R$ 1 milhão por danos morais coletivos, valor que será revertido ao Fundo Nacional de Defesa do Consumidor. O Nudecon está apurando denúncias de outros lotes de leite desnatado que também estariam com problemas de qualidade.

http://monitormercantil.com.br/2012/index.php?pagina=Noticias&Noticia=113847

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top