ļ»æ DesaceleraĆ§Ć£o da produĆ§Ć£o de leite no 3Āŗ trimestre

DesaceleraĆ§Ć£o da produĆ§Ć£o de leite no 3Āŗ trimestre

O IBGE divulgou os resultados da Pesquisa Trimestral do Leite para o terceiro trimestre do ano, apontando uma produĆ§Ć£o de 6,16 bilhƵes de litros de leite no Brasil. O crescimento em relaĆ§Ć£o ao mesmo perĆ­odo de 2016 foi de 5,4% e, no acumulado entre janeiro e setembro, o Brasil produziu 17,7 bilhƵes de litros de leite, elevaĆ§Ć£o de 4,3% na produĆ§Ć£o deste ano em relaĆ§Ć£o Ć  do ano passado. Relevante na informaĆ§Ć£o divulgada pelo IBGE Ć© a desaceleraĆ§Ć£o do crescimento da produĆ§Ć£o no terceiro trimestre do ano, como mostra o grĆ”fico 1.

GrĆ”fico 1:Ā VariaĆ§Ć£o de captaĆ§Ć£o brasileira em relaĆ§Ć£o ao mesmo trimestre do anoanterior. Fonte: IBGE. ElaboraĆ§Ć£o: MilkPoint Mercado.

VariaĆ§Ć£o de captaĆ§Ć£o brasileira de leite

Esta desaceleraĆ§Ć£o tem relaĆ§Ć£o direta com a queda na rentabilidade do produtor de leite brasileiro. O grĆ”fico 2 mostra a evoluĆ§Ć£o do Receita Menos Custo da RaĆ§Ć£o (RMCR), que tem relaĆ§Ć£o direta com a margem de lucro dos produtores de leite e com os volumes de produĆ§Ć£o. Ɖ possĆ­vel verificar que, no primeiro semestre deste ano, o indicador foi bem mais favorĆ”vel se comparado a 2016; no entanto, as quedas de preƧo de leite ao produtor e o aumento de preƧos do farelo de soja e do milho pioraram drasticamente a situaĆ§Ć£o no segundo semestre, o que explica a desaceleraĆ§Ć£o no crescimento da produĆ§Ć£o verificada pelo IBGE.

GrĆ”fico 2:Ā EvoluĆ§Ć£o do RMCR mensal nos Ćŗltimos anos. Fonte: MilkPoint Mercado.

receita menos custo de raĆ§Ć£o

Entre os principais estados produtores do paĆ­s (observe o grĆ”fico 3), destaca-se o crescimento da produĆ§Ć£o no trimestre em Santa Catarina (+17,7% em relaĆ§Ć£o ao terceiro trimestre de 2016), Rio Grande do Sul (+8,1%) e GoiĆ”s (+7,5%). O estado de SĆ£o Paulo tambĆ©m apresenta crescimento expressivo no trimestre (+9,8% em relaĆ§Ć£o a 2016) ā€“ mas, como a estatĆ­stica do IBGE trata do leite formal ā€œadquiridoā€ pela indĆŗstria, Ć© possĆ­vel que, no caso paulista, o crescimento de volume venha nĆ£o exclusivamente do crescimento da produĆ§Ć£o local, mas tambĆ©m de mais leite comprado por fĆ”bricas paulistas de fora do estado para processamento nestas plantas industriais.

GrĆ”fico 3:Ā VariaĆ§Ć£o da captaĆ§Ć£o no 3Āŗ semestre de 2017 em relaĆ§Ć£o ao mesmo trimestre de 2016. Fonte: IBGE. ElaboraĆ§Ć£o: MilkPoint Mercado.

VariaĆ§Ć£o de captaĆ§Ć£o brasileira de leite

A perspectiva Ć© de que esta desaceleraĆ§Ć£o no crescimento da produĆ§Ć£o continue no quarto trimestre do ano. Isto porque, alĆ©m das quedas de preƧos ao produtor que continuaram em outubro e novembro (reduĆ§Ć£o de quase 10 centavos/litro na soma dos dois meses), tivemos o atraso do inĆ­cio do perĆ­odo das chuvas em Minas Gerais e GoiĆ”s (que, no mĆŖs de outubro, trouxe uma reaĆ§Ć£o temporĆ”ria nos preƧos do leite spot e do leite UHT no ā€œatacadoā€).

Toda reclamaĆ§Ć£o originada das informaƧƵes contidas no site de eDairy News serĆ” submetida Ć  jurisdiĆ§Ć£o dos Tribunais OrdinĆ”rios do Primeiro Distrito Judicial da ProvĆ­ncia de CĆ³rdoba, RepĆŗblica Argentina, sediado na Cidade de CĆ³rdoba, com exclusĆ£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

One Comment;

  1. Pedro de Oliveira Pinto said:

    O leite no Brasil tem uma remuneraĆ§Ć£o aos produtores muito baixa, o que leva uma grande parte dos produtores a mudarem de ramo. Um outro aspecto a considerar Ć© a baixa produtividade do leite/vaca no Brasil. que deve estar girando em torno de 4,5 litros/vaca em perĆ­odo de lactaĆ§Ć£o. Sabemos que o Brasil Ć© o quarto maior produtor de leite do mundo, ficando atrĆ”s somente dos Estados Unidos, da ƍndia e da China.

    SĆ³ para efeito de comparaĆ§Ć£o, a produtividade mĆ©dia por vaca nos Estados Unidos Ć© de 35 litros de leite/vaca/dia.

*

CritĆ©rios na moderaĆ§Ć£o de comentĆ”rios em termos de publicaĆ§Ć£o e NotĆ­cias de produtos em todas as suas publicaƧƵes.

  • No sĆ© considerarĆ”n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador Ć³ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmaĆ§Ć£o de moderador.
  • CrĆ­ticas destructivas infundadas e gratuitas, expressƵes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenĆ³fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vĆ­nculos de pĆ”ginas web sem links para o tema, correƧƵes eletrĆ“nicas, etc ...)
  • ComentĆ”rios que nĆ£o tem sentido com a nota no setor lĆ”cteo.

Related posts

ļ»æ
Top