ļ»æ ElevaĆ§Ć£o dos preƧos do leite no atacado sinaliza repasse mais expressivo

ElevaĆ§Ć£o dos preƧos do leite no atacado sinaliza repasse mais expressivo ao produtor

 

Historicamente, a produĆ§Ć£o brasileira de leite apresenta seus menores volumes entre abril e junho, enquanto o preƧo do leite pago ao produtor atinge seu pico entre junho e agosto.

Responsive image

Historicamente, a produĆ§Ć£o brasileira de leite apresenta seus menores volumes entre abril e junho, enquanto o preƧo do leite pago ao produtor atinge seu pico entre junho e agosto. Entretanto, a magnitude do aumento de preƧos Ć© muito variĆ”vel a cada ano. Em 2015, o aumento do preƧo nominal do leite pago ao produtor de janeiro atĆ© o pico foi de 17%. No ano seguinte, esse aumento atingiu expressivos 59%. JĆ” no Ćŗltimo ano, o preƧo do leite subiu apenas 7%. Em 2018, de janeiro a maio, o preƧo do leite valorizou 26%, sendo essa elevaĆ§Ć£o mais expressiva nos dois Ćŗltimos meses. Esses aumentos refletiram principalmente os repasses de preƧo do leite no atacado e no varejo. No atacado, apĆ³s aumento de 26,5% entre janeiro e abril, o preƧo do leite UHT ficou praticamente estĆ”vel em maio, na mĆ©dia nacional. Entretanto, o cenĆ”rio mudou completamente na primeira quinzena de junho. A greve dos caminhoneiros afetou a produĆ§Ć£o primĆ”ria, paralisou as atividades da indĆŗstria e consumiu os estoques dos laticĆ­nios e dos varejistas. Esses fatores, somado a menor oferta de leite tĆ­pica do perĆ­odo de entressafra, resultou na valorizaĆ§Ć£o do preƧo do leite UHT no atacado em SĆ£o Paulo de 29,4% em apenas 15 dias, saltando de R$2,43 no fechamento de maio para R$3,15 no dia 15 de junho, segundo levantamento do CEPEA.
Ā 
A expectativa agora Ć© saber a magnitude do aumento que serĆ” repassado ao produtor. Entretanto, tal repasse servirĆ” apenas para amenizar a situaĆ§Ć£o dos pecuaristas que vem convivendo com preƧos reais do leite em patamares historicamente baixos e custo de produĆ§Ć£o elevado desde o final de 2017, agravada com as perdas oriundas da greve. Nos Ćŗltimos 12 meses, o custo de produĆ§Ć£o, medido pelo ICPLeite/Embrapa, aumentou 11% devido, principalmente, ao incremento dos preƧos dos concentrados em resposta Ć  expressiva valorizaĆ§Ć£o do milho e do farelo de soja no perĆ­odo. No entanto, Ć© importante observar que o comportamento dos preƧos desses insumos nos primeiros meses de 2018 estĆ” diferente do comportamento histĆ³rico para o perĆ­odo, com uma consistente valorizaĆ§Ć£o em plena safra de grĆ£os. Essa situaĆ§Ć£o Ć© resultado de um conjunto de fatores: quebra da safra argentina de grĆ£os, a reduĆ§Ć£o da safra brasileira de milho e a forte valorizaĆ§Ć£o do dĆ³lar frente ao real, alĆ©m de reflexos da guerra comercial entre Estados Unidos e China. Assim, mesmo que a relaĆ§Ć£o de troca tenha melhorado para o produtor nos Ćŗltimos dois meses, em funĆ§Ć£o da maior valorizaĆ§Ć£o do preƧo do leite em relaĆ§Ć£o aos preƧos do milho e do farelo de soja, esse indicador encontra-se desfavorĆ”vel ao produtor de leite. A relaĆ§Ć£o de troca em maio, de 41,4 litros de leite para aquisiĆ§Ć£o de 60 kg de raĆ§Ć£o, comparada ao mesmo mĆŖs de anos anteriores, Ć© melhor apenas que 2016, quando ocorreu uma explosĆ£o nos preƧos dos grĆ£os em funĆ§Ć£o da quebra da safra brasileira naquele ano.
Ā 
Figura 1. PreƧos reais do leite ao produtor ā€“ mĆ©dia nacional de 2015 a 2018 ā€“ deflacionados pelo ICPLeite em R$/litro. Fonte: CEPEA / Embrapa Gado de Leite
Ā 
Um fator adicional que pode contribuir para sustentar as cotaƧƵes do leite pago ao produtor brasileiro Ć© a desvalorizaĆ§Ć£o do real frente ao dĆ³lar associado a manutenĆ§Ć£o dos preƧos internacionais do leite em pĆ³ integral na faixa de US$ 3.200,00 por tonelada, reduzindo a competitividade do produto importado sobre o leite brasileiro. Assim, as importaƧƵes de leite e derivados no acumulado de janeiro a maio foram 35% menores em relaĆ§Ć£o ao mesmo perĆ­odo de 2017, em volume e valores.
Ā 
Nesse cenĆ”rio Ć© esperado que haja um aumento mais consistente no preƧo do leite pago ao produtor em junho. Entretanto, a magnitude e a duraĆ§Ć£o desse aumento dependerĆ£o da recuperaĆ§Ć£o da oferta de leite ao fim da entressafra, dos impactos residuais da citada greve dos caminhoneiros na produĆ§Ć£o, da reaĆ§Ć£o do consumo de lĆ”cteos e da capacidade de absorĆ§Ć£o desses aumentos de preƧos pelo consumidor.
http://www.guialat.com.br/?p=detalhar_noticia&id=3014
Toda reclamaĆ§Ć£o originada das informaƧƵes contidas no site de eDairy News serĆ” submetida Ć  jurisdiĆ§Ć£o dos Tribunais OrdinĆ”rios do Primeiro Distrito Judicial da ProvĆ­ncia de CĆ³rdoba, RepĆŗblica Argentina, sediado na Cidade de CĆ³rdoba, com exclusĆ£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

CritĆ©rios na moderaĆ§Ć£o de comentĆ”rios em termos de publicaĆ§Ć£o e NotĆ­cias de produtos em todas as suas publicaƧƵes.

  • No sĆ© considerarĆ”n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador Ć³ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmaĆ§Ć£o de moderador.
  • CrĆ­ticas destructivas infundadas e gratuitas, expressƵes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenĆ³fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vĆ­nculos de pĆ”ginas web sem links para o tema, correƧƵes eletrĆ“nicas, etc ...)
  • ComentĆ”rios que nĆ£o tem sentido com a nota no setor lĆ”cteo.

Related posts

ļ»æ
Top