Emanuel Pinheiro quer debater incentivos à cadeia produtiva do leite em MT - eDairy News

Emanuel Pinheiro quer debater incentivos à cadeia produtiva do leite em MT

 

|O intuito é de que a discussão contribua na criação de políticas públicas visando incentivar o setor.

O parlamentar lembra que o resultado do trabalho dos produtores é visto dia a dia na mesa dos brasileiros, mas nem sempre é devidamente reconhecido. “Sou um defensor da agricultura familiar. Em Mato Grosso, cerca de 51% dos produtores de leite produzem até 50 litros por dia. Ou seja, são pequenos produtores que precisam de insumos básicos e capacitação necessária, para aumentar a produção e torná-la mais competitiva”, destacou o deputado.

De acordo com Guto Zanata, gestor executivo da Associação dos Produtores de Leite de Mato Grosso (Aproleite/MT), a falta de um certificado sanitário que permita a comercialização do produto entre municípios vizinhos é um dos principais entraves vividos pelos produtores atualmente. “Se houvesse essa permissão, poderíamos ampliar o mercado e, conseqüentemente, a concorrência. Elevaríamos a cadeia produtiva a outro patamar”, pontuou.

Segundo a última pesquisa ‘Diagnóstico da Cadeia Produtiva do Leite no Estado de Mato Grosso’, publicada em 2012 pela Aproleite/MT, os Estados Unidos são os maiores produtores de leite no mundo, com 87,5 bilhões de litros por ano, seguido pela Índia, com 50,3 bilhões; China, com 36,0 bilhões; Rússia, com 31.9 bilhões, e o Brasil, com 31,7 bilhões.

Embora o Brasil seja um dos maiores produtores mundiais de leite de vaca, a produtividade do rebanho é pequena, 1.381 litros por vaca ordenhada por ano. Isso significa que a produção de leite do país é proveniente, em sua maior parte, de sistemas de produção extensivos.

A pesquisa revela ainda que Minas Gerais continua sendo o maior produtor de leite do país, com 27% de toda produção no país, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 12%, Paraná, 12%, Goiás, 10% e Santa Catarina, 8%. Mato Grosso aparece na 10ª posição no ranking, correspondendo por apenas 2,3%. (Com informações da Aproleite/MT).

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 99626-3013.

http://www.onortao.com.br/noticias/emanuel-pinheiro-quer-debater-incentivos-a-cadeia-produtiva-do-leite-em-mt,70975.php

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top