Embrapa capacita produtores e profissionais em produção orgânica de

Embrapa capacita produtores e profissionais em produção orgânica de leite

Começa, nesta sexta-feira (15), o curso “Pecuária Leiteira Orgânica” em Serra Negra (SP). Mais de 30 produtores, técnicos e profissionais da área agropecuária vão participar da capacitação que ocorre até outubro deste ano.

Realizado pela Embrapa Pecuária Sudeste e Secretaria de Inovação e Negócios – Escritório de Campinas, em parceria com o Laticínio Nata da Serra, o treinamento foi planejado para atender a demanda por métodos sustentáveis de manejo pecuário.

De acordo com o chefe de Transferência de Tecnologia, André Novo, o objetivo é que ao final do curso os participantes tenham conhecimento teórico e prático para gerenciar os recursos naturais nas propriedades, resolver problemas agropecuários com tecnologias sustentáveis e conciliar produtividade com conservação ambiental.

A capacitação será realizada em cinco módulos (um por mês) que ocorrem na Fazenda Nata da Serra e na Embrapa Pecuária Sudeste. Serão abordados vários temas, como produção e manejo de pastagens, bem-estar animal, planejamento da propriedade, gestão da água na fazenda, balanceamento de dietas para os animais e melhoramento genético do rebanho.

Fonte: Embrapa Pecuária Sudeste
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top