#Embrapa fará capacitação em bovinocultura de leite no Tocantins – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |2 agosto, 2012

Negócio | #Embrapa fará capacitação em bovinocultura de leite no Tocantins

O estado do Tocantins terá um programa de capacitação continuada de técnicos para atuar na bovinocultura leiteira do estado. As…

O estado do Tocantins terá um programa de capacitação continuada de técnicos para atuar na bovinocultura leiteira do estado. As atividades compõem um projeto recém-aprovado pelo Sistema Embrapa de Gestão e que será coordenado pela Embrapa Pesca e Aquicultura, sediada em Palmas (TO).

O objetivo principal é capacitar esses multiplicadores de forma continuada para atuar na produção de leite do Tocantins. Para isso, o projeto divide o estado em quatro regiões: norte, chamada de Bico do Papagaio; centro-norte, que abrange os municí­pios de Miracema e Araguaí­na; centro-sul, a qual envolve Palmas e Gurupi, e a região sudeste, representada pelo municí­pio de Dianópolis.

“A divisão foi feita respeitando-se a aptidão de cada região para a atividade e as peculiaridades de cada uma delas”, conta o analista da Embrapa Pesca e Aquicultura Pedro Alcí¢ntara, que elaborou o projeto e é o seu coordenador. Ele explica que cada região receberá uma unidade de aprendizagem tecnológica (UAT) para demonstrar a aplicação de tecnologias e conhecimentos preconizados.

O processo de aprendizagem se dará em torno das UATs e estará direcionado aos técnicos multiplicadores os quais deverão repassar o conhecimento adquirido a outros técnicos que, por sua vez, transmitirão o que aprenderam aos produtores por eles atendidos.

Os participantes serão instruí­dos a incentivar a incorporação de sistemas integrados como o de integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF) que proporciona conforto térmico aos animais e a produção de alimentos volumosos conservados e concentrados para nutrição dos rebanhos.

Leite com baixa emissão de carbono
As atividades do Plano Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) também serão aplicadas durante o projeto. Fazem parte do ABC a recuperação de pastagens degradadas, o tratamento de dejetos de origem animal, a fixação biológica de nitrogíªnio e o iLPF, atividades que podem fazer parte da rotina de vários produtores de leite tocantinenses.

Além de contar com uma linha especí­fica de crédito com juros mais baixos, o Plano ABC contribui para uma produção agropecuária de baixo impacto ambiental e de captura e mitigação de gases de efeito estufa os quais contribuem para as alterações climáticas que atingem o planeta.

Um ambiente virtual será criado para que produtores e técnicos possam interagir e acompanhar o andamento do projeto. Esse espaço será criado dentro da Rede de Pesquisa e Inovação do Leite (REPI Leite) desenvolvida pela Embrapa Gado de Leite, de Juiz de Fora (MG). A REPI Leite é uma rede social que reúne profissionais e especialistas ligados í  pecuária leiteira.

A avaliação dos trabalhos levará em conta o impacto das ações nos ní­veis técnico, econí´mico, social e ambiental. Alcí¢ntara acredita que o projeto deverá melhorar a qualidade do leite tocantinense e aumentar a renda do produtor do estado. “Além disso, buscaremos promover o crescimento da produção leiteira do Tocantins e assim diminuir a dependíªncia de produtos lácteos de outros estados”, pontuou o técnico.
http://www.cenariomt.com.br/noticia.asp?cod=220470&codDep=6

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas