Espí­rito Santo pode criar primeiro Polo de Leite Orgí¢nico em Ibitirama – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |25 mayo, 2012

Negócio | Espí­rito Santo pode criar primeiro Polo de Leite Orgí¢nico em Ibitirama

O agronegócio capixaba vem ganhando força com produtos inovadores e que tíªm chamado muito a atenção dos consumidores, como, por…

O agronegócio capixaba vem ganhando força com produtos inovadores e que tíªm chamado muito a atenção dos consumidores, como, por exemplo, o leite orgí¢nico. Produzido em áreas especiais, onde a alimentação dos animais é baseada na produção orgí¢nica sem qualquer inserção de medicamentos que causem danos í  produção, o leite orgí¢nico causa interesse nos produtores que buscam novos mercados consumidores.

Diante desse novo nicho de consumidores, a Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca do Espí­rito Santo (Seag) e o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistíªncia Técnica e Extensão Rural (Incaper) estudam, junto í  prefeitura local, a criação de um Polo de Leite e derivados orgí¢nicos, em Ibitirama. O municí­pio possui representantes que trabalham com homeopatia animal e fitoterapia, ou seja, não utilizam medicamentos impactantes í  saúde animal.

Em reunião realizada no iní­cio do míªs de maio de 2012, em Ibitirama, técnicos da Seag e do Incaper e representantes das associações de produtores discutiram as técnicas usadas em fazendas orgí¢nicas, visitadas pelos pecuaristas capixabas, nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, em março. Para dar sequíªncia a isso, a Prefeitura de Ibitirama, com apoio do Incaper local, identificou um grupo de produtores, com potencial na produção orgí¢nica, que já trabalham com leite em tanques de resfriamento e, consequentemente, aderiram ao novo projeto agropecuário da região.

Para iniciar os trabalhos, os produtores devem fazer uma transição do sistema tradicional para o orgí¢nico e, para isso, contarão com o apoio da Seag, do Incaper e da Secretaria Municipal de Agricultura, na capacitação e comercialização do produto final, agregando-lhe valor. Para qualificar os produtores, serão oferecidos cursos de homeopatia, que orientarão os cuidados com a saúde e alimentação do animal, além da educação ambiental e da adequação necessária das pastagens ao sistema orgí¢nico.

Outro aspecto importante da reunião foi a preocupação com a Legislação da Agricultura Orgí¢nica, ou seja, os agricultores devem ter conhecimento das medidas que devem ser tomadas e respeitadas para essas atividades.

Segundo o gerente estadual da Agricultura Orgí¢nica, Decimar Schultz, Ibitirama é o primeiro grupo de produção de leite orgí¢nico do Espí­rito Santo. “A importí¢ncia disso é que o grupo vai produzir uma quantidade de leite maior e viabilizará uma produção diferenciada de leite orgí¢nico para o mercado. Além disso, o Espí­rito Santo vai ter o primeiro núcleo de referíªncia de leite orgí¢nico, que será importante, pois vai gerar conhecimento para a troca de experiíªncia entre os produtores”, destacou Schultz.

Agroindústria Orgí¢nica

Ainda na reunião foi discutida a futura construção de uma usina de leite orgí¢nico para o processamento de derivados lácteos. Inicialmente, o Polo de Leite vai trabalhar com os produtores mais próximos í  empresa, facilitando a logí­stica na captação do leite.

De acordo com o gerente estadual de Pecuária, Pedro Cani, o leite orgí¢nico é a garantia de que o animal não foi tratado com antibióticos, hormí´nios, produtos veterinários, agrotóxicos ou rações comerciais. í‰ um leite nutritivamente superior ao convencional e possuidor de alguns fatores que ajudam a manter a saúde humana.

“Mais do que na produção pelo sistema tradicional, o leite orgí¢nico deve ser muito mais exigente em relação í  contagem bacteriana, e de células somáticas, para garantir a qualidade final do produto, por isso, os animais devem estar isentos de quaisquer zoonoses, seguindo o protocolo de sanidade”, destacou Cani.

O leite orgí¢nico é isento de quaisquer substí¢ncias quí­micas nocivas ao meio ambiente. Comparado ao convencional, o leite orgí¢nico difere do comum por conter substí¢ncias importantes na alimentação humana. Segundo Pedro Cani, o leite orgí¢nico é rico em carotenóides – vitaminas A e E, antioxidantes e ácido í´mega tríªs – além de proteí­nas saudáveis ao homem.

FONTE

Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca do Espí­rito Santo
Assessoria de Comunicação da Seag
Leo Júnior e Reuber Diirr – Jornalistas
Telefone: (27) 3636-3700

http://www.agrosoft.org.br/agropag/221758.htm

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas