Estado perde 25% dos laticínios por deficiências no setor

Estado perde 25% dos laticínios por deficiências no setor

 

A cadeia do leite contabiliza o total de 20 laticínios desativados em Mato Grosso do Sul. O número corresponde a cerca de 25% das unidades do Estado, segundo dados da Agência de Desenvolvimento Rural e Extensão Agrária (Agraer).

De acordo com o então diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini, que deixou o comando da agência para ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, são muitos os gargalos enfrentados em toda a cadeia, desde a produção no campo até o consumo.

Atualmente, o Estado produz em torno de 950 mil litros de leite por dia. No primeiro semestre deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Mato Grosso do Sul adquiriu e industrializou 125,428 milhões de litros de leite, 24,7% a menos em comparação com o volume registrado em 2016 (166,588 milhões de litros).

(*) Leia a reportagem completa na edição de hoje do Correio do Estado.

/jornaldiadia.com.br/2016/?p=364894

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top