Evento em Carlinda aborda os principais temas da pecuária leiteira - eDairy News

Evento em Carlinda aborda os principais temas da pecuária leiteira

 

O II Encontro de Pecuária Leiteira de Carlinda reuniu mais de 600 pessoas de vários municípios de Mato Grosso. Com palestras que abordaram temas que vão desde a estruturação do rebanho leiteiro ao bem-estar do animal, o evento ofereceu informações sobre o melhor método de criação e gestão para o segmento. O evento que é realizado pelo Sindicato Rural de Carlinda e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) foi no sábado (25/06).

“A pecuária de leite em Carlinda, é referência, porém, tem muito espaço para crescer. E o objetivo do encontro foi o de impulsionar o setor trazendo conteúdo que vai ajudar o produtor a alavancar os negócios”, disse o anfitrião do evento, o presidente interino do sindicato, Nelson Obuti.

Obuti destacou ainda, que com a adoção de novas tecnologias e com o acesso a informações a pecuária leiteira pode apresentar resultados ainda maiores.

O vice-presidente da Famato, Normando Corral, falou da satisfação em sua trajetória sindical até chegar a vice-presidente da Federação, que o permite conhecer lugares e pessoas que fazem parte da história de crescimento de Mato Grosso. “Vir em Carlinda hoje, em um evento como esse, em poucas horas me possibilitou muito conhecimento. E isso é bom, principalmente para nós do Sistema Famato/Senar que tem a incumbência de multiplicar conhecimento. Para multiplicar conhecimento você tem que adquiri-lo, e somente adquire conversando, ouvindo e perguntando. Parabéns ao Sindicato e a todos pela iniciativa desse brilhante evento”, discursou Corral.

Para atender o anseio de crescimento da região, o analista de pecuária da Famato, Marcos Carvalho realizou a palestra “Boas Práticas da Atividade Leiteira”. Carvalho salientou que o mercado consumidor deseja produtos nutritivos, saudáveis e principalmente com preços justos. “Para conseguir produzir esse leite da maneira que o consumidor deseja é preciso trabalhar com as boas práticas da agropecuária.”, pontuou.

O presidente licenciado do Sindicato Rural de Carlinda, Alcindo Medici, disse que a entidade é indutora da evolução do agronegócio, em especial da pecuária leiteira no município.

O produtor rural, Nivaldo Nichetti destacou aos produtores rurais pontos cruciais para assegurar espaço no mercado, tais como: questões climáticas; produção de leite e de bezerros com qualidade e gestão nas tomadas de decisão. Ao contar seu caso de sucesso, ele enfatizou opções de produção que priorizem o manejo das pastagens, para que colham sua própria forragem, com redução de custos de mão de obra e economia na aquisição, manutenção e utilização de equipamentos menos onerosos.

No entendimento do produtor, a gestão tanto da atividade leiteira quanto de outras áreas do agronegócio no Brasil ainda é incipiente. Para ele ainda há um descompasso entre o avanço tecnológico da produção e o desenvolvimento da prática. “A falta de gestão tem prejudicado os resultados técnicos e econômicos da atividade”, disse Nichetti.

Obuti contou que a ideia de mostrar exemplos de sucesso, como a do produtor Nichetti, que tem em sua propriedade um processo de gestão eficiente, é mostrar o retorno obtido, tanto na rentabilidade como no sucesso econômico e tecnológico.

O presidente da Aproleite, associação que representa os produtores de leite de Mato Grosso, e do Sindicato Rural de Dom Aquino, Valdécio Fernandes discorreu sobre a competência dos pecuaristas de Carlinda, em produzir e produzir muito bem.

O alerta do estudioso em pecuária, Matosalem Camilo Neto, durante a palestra “Assistência Técnica Fator Decisivo para o Sucesso da Pecuária Leiteira”, foi de que nem sempre quem produz a maior quantidade tem mais rentabilidade sobre o que produz menos. “Gerir os custos fixos, operacionais, depreciação e ganho sobre o capital investido é o grande trunfo dos produtores eficientes”, salientou.

Conforme Neto, o pecuarista deve tratar sua propriedade, por menos que ela seja como uma empresa, e a parte de gerenciamento é sempre o calcanhar de Aquiles em qualquer produção.

O gerente de educação formal do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Armando Urenha discorreu sobre o projeto Senar Tec Leite, que tem como objetivo a assistência técnica como mola propulsora para a produção de leite no estado.

De acordo com Urenha, o projeto piloto foi implantado no município de Pontes e Lacerda, região oeste de Mato Grosso. No estado são 120 propriedades assistidas. A estimativa do programa nessas propriedades é de 24 meses.

Outra novidade durante o evento foi o anúncio de que Carlinda será contemplada com o projeto Senar Tec Leite.

http://www.topnews.com.br/noticias_ver.php?id=46396

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top