Exportações deram sustentação às cotações do milho no final de 2017

Exportações deram sustentação às cotações do milho no final de 2017

 

Apesar da baixa movimentação interna, as exportações em bons volumes deram sustentação aos preços do milho no final de 2017.
O país embarcou, em média, 213,93 mil toneladas do cereal por dia em dezembro (até a terceira semana), frente as 176 mil toneladas em novembro último. O volume ficou bem acima das 47,72 mil toneladas diárias em dezembro de 2016 (MDIC).
Outro ponto de sustentação é a previsão de uma menor produção em 2017/2018, que mantém o mercado em alerta.
Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas-SP a saca de 60kg do cereal fechou cotada em R$32,00 (28/12), frente a negócios em R$30,00 no final de novembro.
Nos primeiros meses de 2018, até que a colheita da safra de verão ou primeira safra ganhe força no país, a expectativa é de mercado firme e altas de preços não estão descartadas.
Cabe destacar, porém, que o grande volume estocado no país deverá conter as valorizações no mercado interno.
No relatório de dezembro, a Conab estimou 19,43 milhões de toneladas ao final de 2016/2017 e 23,55 milhões de toneladas em 2017/2018, volumes bem acima das 6,95 milhões de toneladas em 2015/2016.
Chamamos a atenção para a questão do clima, pois revisões para baixo na produção brasileira poderão refletir nos valores deste contrato ao longo do primeiro semestre de 2018.

https://www.scotconsultoria.com.br/noticias/todas-noticias/47600/exportacoes-deram-sustentacao-as-cotacoes-do-milho-no-final-de-2017.htm

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top