FAO afasta risco de crise de alimentos, diz jornal

#FAO afasta risco de crise de alimentos, diz jornal

Os preços internacionais dos alimentos devem continuar altos nos próximos meses, mas não há “motivo para pí¢nico” sobre uma possí­vel crise dos alimentos, afirmou o secretário do Grupo Intergovernamental de Grãos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Abdolreza Abbassian, em entrevista ao jornal Wall Street Journal publicada nesta terça-feira.

Apesar de os estoques globais de grãos permanecerem apertados e os preços continuarem próximos das máximas históricas, a situação não exige uma reunião de emergíªncia do Sistema de Informações do Mercado Agrí­cola, argumentou Abbassian. “Nenhuma reunião para prevenção de uma crise alimentar… está nos planos”, afirmou.

Os comentários de Abbassian são significativos porque a França havia convocado no míªs passado uma reunião de emergíªncia dos ministros da Agricultura do G-20 para discutir formas de evitar uma nova crise global dos alimentos, entre elas a criação de estoques estratégicos.

Conforme o secretário, a FAO realizará uma reunião ministerial em 16 de outubro, em conjunto com o Dia Mundial dos Alimentos, mas ela não deve ser interpretada como uma sessão de emergíªncia.

Uma série de secas este ano nos Estados Unidos, na Rússia, na Ucrí¢nia e em partes da América do Sul elevou os preços de soja e do milho para patamares recordes, despertando preocupações ao redor do mundo sobre a possibilidade de uma crise relacionada ao aumento dos preços dos alimentos. As informações são da Dow Jones.
Fonte: Agencia Estado

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top