#FAO afasta risco de crise de alimentos, diz jornal – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |10 octubre, 2012

Indústria | #FAO afasta risco de crise de alimentos, diz jornal

Os preços internacionais dos alimentos devem continuar altos nos próximos meses, mas não há “motivo para pí¢nico” sobre uma possí­vel…

Os preços internacionais dos alimentos devem continuar altos nos próximos meses, mas não há “motivo para pí¢nico” sobre uma possí­vel crise dos alimentos, afirmou o secretário do Grupo Intergovernamental de Grãos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Abdolreza Abbassian, em entrevista ao jornal Wall Street Journal publicada nesta terça-feira.

Apesar de os estoques globais de grãos permanecerem apertados e os preços continuarem próximos das máximas históricas, a situação não exige uma reunião de emergíªncia do Sistema de Informações do Mercado Agrí­cola, argumentou Abbassian. “Nenhuma reunião para prevenção de uma crise alimentar… está nos planos”, afirmou.

Os comentários de Abbassian são significativos porque a França havia convocado no míªs passado uma reunião de emergíªncia dos ministros da Agricultura do G-20 para discutir formas de evitar uma nova crise global dos alimentos, entre elas a criação de estoques estratégicos.

Conforme o secretário, a FAO realizará uma reunião ministerial em 16 de outubro, em conjunto com o Dia Mundial dos Alimentos, mas ela não deve ser interpretada como uma sessão de emergíªncia.

Uma série de secas este ano nos Estados Unidos, na Rússia, na Ucrí¢nia e em partes da América do Sul elevou os preços de soja e do milho para patamares recordes, despertando preocupações ao redor do mundo sobre a possibilidade de uma crise relacionada ao aumento dos preços dos alimentos. As informações são da Dow Jones.
Fonte: Agencia Estado

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas