Febre aftosa: Campanha será lançada em Juara

Febre aftosa: Campanha será lançada em Juara

Os pecuaristas de Mato Grosso se preparam para vacinar 12,5 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos com idade de zero a 24 meses. O lançamento da campanha será realizado no próximo sábado, dia 28, í s 10 horas, no Parque de Exposições da Associação dos Criadores do Vale do Arinos (Acrivale), no municí­pio de Juara (709 quilí´metros ao norte de Cuiabá), que detém o maior rebanho de bovinos do Estado, com 926.735 mil cabeças.

A etapa de maio da vacinação contra a febre aftosa será a primeira da temporada 2012, depois que foi suspensa a vacinação de fevereiro na área de fronteira de Mato Grosso com a Bolí­via. “A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) acredita no comprometimento do pecuarista em imunizar seu gado, pois ele tem consciíªncia de que o status de ‘Estado livre de febre aftosa com vacinação’ é fundamental para continuarmos exportando para mais de 60 paí­ses”, destaca o superintendente Luciano Vacari. Ele pondera ainda “que o produtor é o grande responsável por estarmos sem um foco de aftosa há 16 anos”.

A etapa de vacinação contra aftosa do míªs de maio acontece de 1º a 31 em todo Estado. O pecuarista terá de comunicar a uma unidade do Indea/MT que realizou a vacinação até o dia 11 de junho. Aqueles que não cumprirem o prazo pagam uma multa de 2,25 Unidades de Padrão Fiscal (UPFs), equivalente a R$ 104,10 por animal não-vacinado. No míªs de novembro será realizada a segunda etapa de vacinação com todo o rebanho estadual, que é o maior do Brasil, com mais de 29 milhões de cabeças.

Fonte: Diário de Cuiabá

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top