Importância da alimentação equilibrada durante a gravidez - eDairy News

Importância da alimentação equilibrada durante a gravidez

Inicio Foros Tecnología Industrial Importância da alimentação equilibrada durante a gravidez

Etiquetado: , ,

Este debate contiene 0 respuestas, tiene 1 mensaje y lo actualizó  lecheria hace 2 años, 5 meses.

Viendo 1 publicación (de un total de 1)
  • #46999

    Jefe de claves

    caixa-de-leite-tetra-pak

    Nutricionista dá dicas de cardápio balanceado para as mães e o desenvolvimento saudável dos bebês

    Alimentar-se bem durante a gravidez é essencial para a saúde da mãe e do bebê. Mas esqueça do mito “alimente-se por dois”, afinal, estar bem alimentada não significa comer em excesso.

    Beatriz Botéquio, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & bolos Industrializados (ABIMAPI), explica que a gestação também não é época de fazer dietas restritivas para perda de peso, pois é preciso mais energia para a futura mamãe e seu neném.

    As proteínas, carboidratos integrais, vitaminas e minerais são essenciais para a formação de uma criança sadia. Se existe excesso ou falta desses nutrientes, o desenvolvimento das células não é perfeito, e o bebê pode nascer com baixo peso.

    “Um cardápio balanceado com cerca de 300 calorias extras ao dia, já é necessário para gerar uma criança saudável”. E esse acréscimo representa menos do que você imagina: um lanche de pão integral com queijo branco pode suprir o complemento calórico. “O grande objetivo é manter um ganho de peso constante, sem grandes oscilações, que gira em torno de 1,5 a 2,0 Kg no primeiro trimestre, e 1,5 a 2,0 Kg por mês no restante da gravidez, para chegar a um total ideal de 11,5 a no máximo 14 Kg”, completa a nutricionista.

    O primeiro passo é incluir, no carrinho do supermercado, alimentos nutritivos como: frutas, verduras, cereais integrais, pães e massas integrais, frutas oleaginosas – como a castanha-do-pará e amêndoas, por exemplo –, carnes magras e laticínios desnatados. Depois disso, o segundo passo, é evitar doces e outros alimentos e bebidas que são ricos em açúcar e gordura trans, e pobres em nutrientes.

    O que não pode faltar no prato da gestante

    Carboidrato

    Principal fornecedor de energia para mãe e para o bebê. São essenciais para manter disposição e bem estar na gestante.

    http://www.segs.com.br/saude/2125-importancia-da-alimentacao-equilibrada-durante-a-gravidez.html

Viendo 1 publicación (de un total de 1)

Debes estar registrado para responder a este debate.


Top