Os queijos exóticos mais consumidos ao redor do mundo. - eDairy News

Os queijos exóticos mais consumidos ao redor do mundo.

Inicio Foros Tecnología Industrial Os queijos exóticos mais consumidos ao redor do mundo.

Etiquetado: ,

Este debate contiene 0 respuestas, tiene 1 mensaje y lo actualizó  lecheria hace 1 año, 4 meses.

Viendo 1 publicación (de un total de 1)
  • #51744

    Jefe de claves

    queijos

    Você já experimentou algum queijo mofado? No universo da gastronomia, os queijos exóticos são atração na mesa de muitas pessoas e, para que você não fique de fora deste ousado encontro, te convidamos para conhecer de perto estes cobiçados e estranhos queijos.
    A comida faz parte de uma questão cultural, o nosso paladar nos direciona a gostar de alimentos tradicionais que fazem parte do cotidiano e da convivência de cada pessoa. No entanto, diante da diversidade de sabores, aromas e texturas, a comida acaba se transformando em referência pessoal.
    A preferência pelo exótico têm crescido bastante, assim como a procura por alimentos que ofereçam experiências incomuns para seus apreciadores. Por isso, existem várias pessoas que são apaixonadas pelos queijos exóticos que, apesar dos ingredientes ousados, ainda conseguem conquistar diversos paladares espalhados pelo mundo todo.
    O modo que cada país produz seus queijos é um processo de extrema importância, por isso a versatilidade dos queijos exóticos pode ser encontrada com sabores e texturas diversas. Mas para quem não consegue “encarar” um belo prato de queijo mofado, precisa saber que conhecer melhor o histórico de cada alimento, mesmo que ele não seja consumido por nós, é uma forma inteligente de agregar mais novidades ao nosso repertório gastronômico e, assim, compreender ainda mais as evoluções da própria culinária.
    Deste modo, mesmo que você não seja fã dos queijos exóticos, te convidamos a conhecer uma curiosa lista, feita especialmente para quem adora aventuras! Confira:
    Casu Marzu (Itália):  Este interessante queijo, produzido com leite de ovelha, é conhecido como “queijo podre” ou “queijo verme” – um nome bem apropriado para um alimento que é servido com larvas vivas em seu interior. A explicação para a utilização deste exótico ingrediente é simples, a presença destas larvas translúcidas é muito importante para o queijo, pois elas consomem toda a gordura do queijo, restando um alimento mais cremoso e macio, além oferecer um sabor bastante peculiar. Contudo o segredo está em degustar o queijo com as larvas vivas, pois quando estas larvas morrem, o alimento é considerado tóxico e impróprio para o consumo. Mas se você acha que este queijo é apreciado por poucas pessoas, saiba que o Casu Marzu é um dos queijos exóticos favoritos dos italianos, que garantem que seu sabor é melhor do que qualquer queijo produzido de forma tradicional. Porém este queijo também oferece alguns riscos para a saúde, como infecções e náuseas, por isso ele é vendido apenas no mercado negro de Sardenha, na Itália.
    Milbenkase (Alemanha): A produção deste queijo é restrita para alguns produtores da cidade de Wuerchwitz, que levam até três meses para fabricarem um único queijo.  Além de sal e cominho, estes queijos exóticos também recebem um ingrediente muito especial, por isso antes de serem degustados ficam armazenados em caixas de madeira, com o propósito de acumular ácaros! Estes singelos ácaros são responsáveis por excretarem uma enzima que amadurece o queijo, chegando ao seu estágio final nas cores marrom-vermelhada e, em seguida, preto. E mais um detalhe: este queijo é apreciado com ácaros e tudo mais.
    Char Coal Cheese (Inglaterra): Este curioso queijo é produzido na cidade de Leasingham, sendo vendido apenas pela empresa Manor Farm Shop. Mas este não é um queijo qualquer, ele é produzido à base de carvão. Não, você não leu errado, eu disse: carvão! O interessante é que seus produtores garantem que não há gosto de queimado no queijo, muito pelo contrário, como eles utilizam cheddar na mistura o sabor fica ainda mais atraente para os ingleses. A partir desta invenção, resolveram produzir também o cheddar preto e aperfeiçoarem ainda mais a receita.
    Human Milk Chesse (EUA): E para encerrar esta lista com chave de ouro, perguntamos se você acha estranho queijos exóticos produzidos com leite de égua ou outros animais? Agora imagine se este mesmo queijo fosse produzido com leite de humanos, ou melhor, leite de mulheres? Este ousado experimento já conquistou vários paladares, inclusive existem estudos que comprovam que o Queijo Humano é mais saudável do que os queijos produzidos com leites de animais. Para os inventores do Human Milk, a proposta é oferecer ao público uma clara amostra do nosso nítido parentesco com os animais. Para aquelas pessoas que odeiam alimentos industrializados, este queijo, com certeza, é a melhor opção! E você, teria coragem?
    Com certeza, você deve ter feito alguma careta ao ler esta incrível matéria, realmente quando os gostos são apresentados a partir de outras culturas, o “normal” se torna mero acaso. Mas na gastronomia as coisas são assim, e esperamos que em alguma oportunidade você experimente também estes queijos exóticos e nos conte suas  próprias experiências!
Viendo 1 publicación (de un total de 1)

Debes estar registrado para responder a este debate.


Top