Governo gaúcho mudará regras para limitar importação de leite

Governo gaúcho mudará regras para limitar importação de leite

Administração estadual publicará medida na tentativa de reduzir efeitos da concorrência com o produto do Uruguai
O governo do Rio Grande do Sul vai mudar regras tributárias relacionadas à importação de leite, uma tentativa de enfrentar a concorrência principalmente com o produto do Uruguai. A decisão foi comunicada depois de uma reunião de representantes do setor com representantes do governo do Estado e do Ministério da Agricultura, durante a Expointer, em Esteio (RS).

Na visão da administração estadual, a situação da cadeia produtiva leiteira é difícil. O estoques de leite em pó estão elevados no mercado nacional. O consumo tem sido menor e a importação aumentou em níveis que considera desproporcionais. O preço pago ao produtor, consequentemente, está caindo.
Segundo dados publicados no site da Expointer, o Rio Grande do Sul recebeu mais de 60% do volume importado desde 2016. De 100 toneladas, 64 mil entraram no mercado brasileiro pelas fronteiras do Estado. Este volume equivale a 47 dias de produção na pecuária leiteira gaúcha. Regulando as importações, o governo espera trazer equilíbrio entre oferta e demanda.

“Como consequência, a importação de lácteos gradativamente cessará, permitindo ao produto nacional assegurar sua competitividade”, explicou o secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, de acordo com o site oficial da feira.

O Rio Grande do Sul produz 4,6 bilhões de litros de leite por ano. A agricultura familiar responde por 95%, em mais de 100 mil propriedades em 467 municípios.

A situação da cadeia produtiva do leite foi trata também pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, durante sua participação na Expointer. Ele defendeu a retirada do produto da pauta do Mercosul. E o estabelecimento de cotas de importação do leite uruguaio, assim como ocorre com a Argentina.

http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Criacao/Leite/noticia/2017/08/governo-gaucho-mudara-regras-para-limitar-importacao-de-leite.html

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top