ICPLeite/Embrapa registra elevação de 1,1 % em abril

leite

A elevação no preço dos insumos utilizados na Qualidade de Leite teve o maior aumento, levando este grupo a uma elevação de 7,83% em apenas um mês. Contudo, este grupo impacta menos o custo de produção, que se elevou principalmente em função do grupo Concentrados, que variou 3,12%, com a retomada da elevação de preços do farelo de soja e da ração. A queda nos custos do grupo Produção e Compra de Volumosos de -1,18% e no grupo Energia e Combustíveis de -3,04%, não foi suficiente para manter os custos estáveis neste mês de abril.

Custos com o grupo Sanidade cresceram 1,02% e os custos com o grupo Sal Mineral registraram queda de -0,03%. As demais categorias que compõem o custo de produção não apresentaram variação no mês analisado.

No primeiro quadrimestre do ano, o ICPLeite/Embrapa acumulou 4,09%. Nos grupos que compõem o índice, a maior variação acumulada é a da Mão de Obra, seguida de Qualidade do Leite, Sal Mineral e Sanidade, que tiveram variação superior ao ICPLeite/Embrapa.

No acumulado em doze meses, o ICLPLeite/Embrapa continua apresentando valores elevados, acumulando 13,60%. Os grupos que puxaram a inflação do custo de produção para cima foram Sal Mineral, Concentrado e Produção e Compra de Volumosos, Energia e Combustíveis e Concentrado. Os grupos Mão de Obra, Reprodução e Sanidade acumulam variação positiva, mas com crescimento acumulado inferior ao registrado para o ICPLeite acumulado em doze meses. Os grupos Energia e Combustível e Qualidade do Leite acumularam quedas no período.

 

Fonte: ICP Leite

 

*


*

Related posts


Top