Importações de leite em pó aumentam 22% e cresce a participação do Chile

Importações de leite em pó aumentam 22% e cresce a participação do Chile

A balança comercial de lácteos em março apresentou um déficit de 15.500 toneladas, 42% mais alto quando comparado com o míªs passado. Considerando o dado em valor, o déficit foi de 46 milhões de dólares

Em relação ao mesmo perí­odo do ano anterior, as importações de produtos lácteos foram 111% superiores, com 10 mil toneladas importadas a mais do que em março de 2011. Quando analisamos o valor em equivalente-leite (a quantidade de leite utilizada para produzir um quilo de determinado produto), foram importados 107,3 milhões de litros de leite em março, 11% a mais do que míªs passado e 71,1% a mais que a quantidade internalizada em março de 2011, que na época totalizou 62,72 milhões de litros

O valor total de produtos lácteos internalizados foi de 19.003 toneladas, o que representou o montante de 55,79 milhões de dólares. O produto de maior impacto nas importações é o leite em pó (incluindo o integral e desnatado), com 8.961 toneladas, 22% a mais do que em fevereiro.
Abrindo os dados de importação do leite em pó, é possí­vel observar que o Chile aumentou sua participação como exportador desse produto para o Brasil, passando de 7% em fevereiro para 27% neste míªs, colocando 2.438 toneladas do produto. Em compensação, o Uruguai reduziu sua participação em 28% e foi responsável 2.637 toneladas importadas. A Argentina mantém sua participação de 43% nas importações de leite em pó, enviando 3.886 toneladas e ultrapassando o valor acordado com o Brasil. í‰ interessante lembrar que o Brasil tem um acordo de cota de importação de leite em pó apenas coma Argentina, o que abre espaço para que outros paí­ses, como o Uruguai e Chile, coloquem seus produtos em terras brasileiras.

Quanto í s exportações, não houve nenhum fato relevante, mantendo valores semelhantes aos do míªs passado.

A matéria é da Equipe MilkPoint.

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top