Índices IFCN do preço do leite e custos de produção – setembro/2017 – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |17 abril, 2018

Leite | Índices IFCN do preço do leite e custos de produção – setembro/2017

Índices IFCN – A relação entre os Índices IFCN do preço do leite/custo da ração, no mês de março de 2018 ficou em 1,44, caindo 4% em relação ao mês anterior, e 12% abaixo

Índices IFCN – A relação entre os Índices IFCN do preço do leite/custo da ração, no mês de março de 2018 ficou em 1,44, caindo 4% em relação ao mês anterior, e 12% abaixo da rentabilidade apresentada em março de 2017. As cotações das commodities lácteas subiram em relação ao início do ano, mas, não o suficiente para compensar o aumento dos insumos para ração dos animais.

O índice da IFCN do custo da ração já subiu 16% em 2018, e é o maior desde junho de 2016. A rentabilidade do produtor de leite vem caindo acentuadamente desde dezembro de 2017, e nos últimos 12 meses acumula 12% de perda.

A média da rentabilidade de 2017, que foi de 1,72, não deve se repetir em 2017. A volatilidade das commodities agrícolas, principalmente, da soja e do milho, não sinaliza para uma estabilidade de preços no curto prazo. Fatores geopolíticos e climáticos estão impactando severamente no comércio internacional.

– O Índice IFCN dos preços do leite, é uma combinação dos preços médios de uma cesta de commodities lácteas negociadas no mercado mundial.

Representa o quanto uma indústria poderia, teoricamente, remunerar seus produtores, se os produtos lácteos fossem vendidos com as cotações vigentes no período.

O indicador IFCN é elaborado da seguinte forma: 1 – Leite em pó desnatado & Manteiga (35%); 2 – Queijos e Soros de leite (45%); e 3 – Leite em pó integral (20%).

– O Índice IFCN dos custos da alimentação representa o nível dos preços no mercado mundial de insumos para ração, farelo de soja e milho.

A relação entre o preço do leite e a cotação da ração, indica a rentabilidade. De uma forma simplificada, mostra quantos quilos de ração o produtor pode comprar com a venda de um quilo de leite. A relação leite/ração maior que 1,5 é considerada favorável. Se o aumento da produção se dá via utilização de concentrados, e a razão continua subindo, o sistema é recomendável.

Por outro lado, se a razão for caindo em direção a 1, ou menos, o concentrado pode significar aumento do prejuízo.

http://www.terraviva.com.br/site/index.php?option=com_k2&view=item&id=16908:indices-ifcn-do-preco-do-leite-e-custos-de-producao-setembro-2017

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas