Instrução do Mapa proíbe leite em pó importado na produção leiteira - eDairy News

Instrução do Mapa proíbe leite em pó importado na produção leiteira

Segundo o texto, fica proibida a reconstituição do leite em pó importado pelas indústrias. A IN altera o artigo 1º da medida publicada em julho deste ano com a finalidade de conter a queda dos preços ao produtor nacional. Ela não especificava a origem do leite em pó, permitindo assim tanto o produto nacional quanto o de outros países.

Na semana passada, o deputado federal Valdir Colatto (PMDB/SC) havia levada a questão do aumento da importação do laticínio desidratado do Uruguai ao ministro Blairo Maggi. “Os preços vêm apresentando queda, o que está inviabilizando a produção, principalmente na região Sul do país. Há um desequilíbrio no volume de exportação do Uruguai”, disse Colatto.

Colatto afirma que o ministro Blairo Maggi se preocupou com as dificuldades dos produtores de leite e derivados. “Essa Instrução Normativa vem para aliviar o setor produtivo do leite”.

PRODUÇÃO DE LEITE

A produção brasileira de leite é de aproximadamente 35 bilhões de litros por ano e vinha crescendo 4% ao ano na última década. Na região Sul o crescimento foi de 7% ao ano. Nos dois últimos anos, no entanto, houve queda na produção, principalmente na região Nordeste.

Segundo a Secretaria de Política Agrícola, no primeiro semestre deste ano a redução foi de 6% para o país. No Nordeste, a queda foi maior, 12%, o que levou o governo a autorizar a reconstituição de leite e a sua venda na área da Sudene.

Fonte: Ascom Dep. Valdir Colatto

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top