Integração gera mais renda com produção sustentável

Integração gera mais renda com produção sustentável

A integração pecuária-lavoura-floresta otimiza a utilização dos recur sos naturais, por meio de seu manejo integrado, evitando a degradação e promovendo a recuperação da capacidade produtiva.Uma das vantagens é a valorização da propriedade, que resulta de seu uso intensivo de forma sustentável e do aumento de sua capacidade produtiva.
Uma boa opção para aumento da renda, associada í  conservação ambiental, é a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). Trata-se de um sistema de produção que associa a exploração animal í  produção de grãos em alterní¢ncia e ao cultivo de árvores. A integração das tríªs atividades otimiza a utilização dos recursos naturais, por meio de seu manejo integrado, evitando a degradação e promovendo a recuperação da capacidade produtiva.
“O objetivo da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta é maximizar racionalmente o uso da terra, da infraestrutura e da mão de obra, diversificar e aumentar a produção e minimizar custos e riscos”, explica Roberta Aparecida Carnevalli, da Embrapa Gado de Leite/Arroz e Feijão, em Sinop, MS. Em outras palavras, a ILPF visa a assegurar a sustentabilidade social, econí´mica e ambiental, por meio da adoção de tríªs diferentes tipos de atividades que serão desenvolvidas na fazenda, grande ou pequena. Não há tamanho mí­nimo ou máximo para a adoção do sistema.
Carnevalli, que se dedica ao estudo do sistema, destaca que, entre os benefí­cios da ILPF, está a diversificação da produção, o consequente aumento da renda e a redução dos riscos oriundos das flutuações do mercado. O produtor passa a dispor de outras possibilidades de auferir ganhos, com a redução de custos de produção, além de poder recuperar áreas degradadas.
O produtor de leite que precisa renovar a pastagem tem na ILPF uma maneira eficiente de realizá-la. Uma das possibilidades de renovação dá-se por meio do plantio consorciado. O produtor plantará, junto com o pasto, alguma espécie graní­fera, como milho, sorgo, soja, ou girassol. “í‰ preciso que seja uma lavoura da qual se retira apenas a parte área da planta. A mandioca, por exemplo, não pode, pois é preciso arrancá-la do solo”, explica José Henrique de Albuquerque Rangel, pesquisador da Embrapa Tabuleiros Costeiros, em Aracaju, SE.

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.


Top