#Laboratório produz etanol a partir de soro de leite – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |5 noviembre, 2012

Indústria | #Laboratório produz etanol a partir de soro de leite

O soro de leite, resultante da produção de queijos, pode ser uma nova fonte de matéria-prima para a produção de…

O soro de leite, resultante da produção de queijos, pode ser uma nova fonte de matéria-prima para a produção de etanol igual ao que é feito a partir da cana-de-açúcar. A possibilidade foi demonstrada por uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto de Ciíªncia e Tencologia de Alimentos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

De cada quilo de queijo produzido sobram, em média, nove litros de soro, um lí­quido esbranquiçado formado por 95% de água, 4% de lactose e 1% de proteí­na. O soro pode ser aproveitado pela indústria alimentí­cia na composição de bebidas lácteas e recheios de biscoitos. No entanto, por ser muito poluente, é preciso transformá-lo em pó, o que gera custos altos principalmente para o pequeno produtor. Se não for usado para alimentação, o soro precisa ser tratado como um efluente industrial para não contaminar o meio ambiente ao ser descartado.

De acordo com o professor Marco Antí´nio Ayub, responsável pelos experimentos, apesar de ainda não haver estudos de viabilidade econí´mica, a pesquisa abre possibilidades para o uso do lí­quido, além de sugerir novas alternativas de matéria-prima para a produção do biocombustí­vel. “Estamos tentando fazer parceiras com ouros grupos dessa área e ver se a gente consegue propor í s indústrias viabilizarem pelo menos um teste industrial para ver se vale a pena produzir comercialmente”, explica.

Processo
A obtenção do etanol de soro de leite é feita por biorreatores com leveduras do gíªnero Kluyveromyces, que fazem a transformação do material lácteo em biocombustí­vel. Setenta gramas por litro de lactose é convertido em torno de 35 g por litro de etanol, enquanto são necessários 200 g de litros de açúcar para obter 90 gramas por litro de etanol. Depois, em ambos os processos, os lí­quidos são destilados para dar origem ao biocombustí­vel.

“Conseguimos obter o mesmo rendimento (50% de conversão) do caldo de cana. Estamos propondo uma tecnologia contí­nua, porque a nossa concentração de açúcar é muito menor (que o da cana-de-açúcar)”, explica o professor.
http://www.expressomt.com.br/economia-agronegocio/laboratorio-produz-etanol-a-partir-de-soro-de-leite-37814.html

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

2 Comentarios

  • Parabéns á esta empresa que a cada dia investe mais e mais em novas técnologias, e possui como mérito um ótimo reconhecimento.
    Sou estudante de farmácia e técnica em alimentos e gostaria de fazer parte desta equipe chamada DANONE.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas