Lacticínios Tirol expressa sua insatisfação com relação ao aumento do

Lacticínios Tirol expressa sua insatisfação com relação ao aumento do preço dos combustíveis

A Lacticínios Tirol expressa sua insatisfação com relação ao aumento do preço dos combustíveis, que ocasionou a greve dos caminhoneiros iniciada nesta segunda-feira e que já atinge 11 Estados brasileiros.

Ainda que legítima, a greve traz prejuízos enormes para toda a cadeia leiteira, desde a captação junto aos produtores até a entrega nas unidades fabris.

É fundamental a percepção de que aumentos nos combustíveis (a Petrobras subiu o preço duas vezes em quatro dias, sendo este o 11° aumento nos últimos 17 dias) acarretam inevitavelmente em repasses no valor do produto ao consumidor final.

Isso sem esquecer dos imensos prejuízos em função das paralisações nas estradas, como o consequente risco de descarte de mercadorias in natura, a demora no transporte e entrega das cargas e o eventual risco de não conseguir chegar às propriedades para fazer a captação do leite.

Sempre alinhada aos princípios que regem seu trabalho – de qualidade, compromisso e respeito ao consumidor -, a Lacticínios Tirol pede urgência nas negociações entre a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) e a Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) e o Governo Federal, para restabelecer imediatamente a produção e impedir maiores danos a todos os envolvidos com o setor.

Fonte: Laticínios Tirol
Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.


Top