#Laticí­nio da BRF instalado em Terenos teve isenção fiscal de 88%

#Laticí­nio da BRF instalado em Terenos teve isenção fiscal de 88%

O laticí­nio do grupo BR Foods, instalado em Terenos, após comprar, no ano passado, o laticí­nio Heloí­sa, por cerca de R$ 122 milhões, teve isenção fiscal de 88%, declarou ontem, durante lançamento do programa Leite Forte, o governador André Puccinelli (PMDB). A empresa, direcionada í  fabricação de queijos, produz, atualmente, 240 mil litros de leite ao dia, mas pode chegar a 1 milhão.

Puccinelli mencionou os números para destacar a “força tarefa” desencadeada pelo Governo do Estado para alavancar a produção leiteira em Mato Grosso do Sul. “Inflação se combate com produção. Quanto mais produzirmos, mais o preço cairá”, afirmou, revelando que o Estado articula para passar a produzir também leite em pó.

O governador explicou ainda que, via de regra, os incentivos fiscais para novas indústrias giram em torno de 67% de isenção, mas, diante da inexistíªncia do produto, os í­ndices podem subir, como no caso do laticí­nio. Em contrapartida, André afirma que exigiu a empresa que não “sacaneie” o produtor em relação í  prática de preços.

Ao destacar a importí¢ncia das medidas tributárias, o governador lembrou que esteve há duas semanas em Brasí­lia (DF), em agenda no Congresso Nacional, para pedir a mediação polí­tica em relação a súmula vinculante do STF (Supremo Tribunal Federal), que defende a extinção do benefí­cio do incentivo fiscal aos estados. “Se isto valesse, de imediato, poderia ‘fechar’ o Centro Oeste, Norte, Nordeste e algumas regiões do Sul e Sudeste”, criticou.

As informações são do Campo Grande News

http://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/giro-lacteo/laticinio-da-brf-instalado-em-terenos-teve-isencao-fiscal-de-88-79373n.aspx

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top