Laticínios de Constantina tem atividade suspensa pela justiça – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |22 junio, 2016

Indústria | Laticínios de Constantina tem atividade suspensa pela justiça

A justiça determinou, em tutela provisória, a imediata suspensão das atividades de recebimento, industrialização e comercialização de produtos lácteos da empresa Rodrigo Luza – ME, laticínio localizado no município de Constantina.

 

Imóveis localizados no município de Canoas estão proibidos de serem novamente utilizados como depósitos clandestinos sob pena de multa no valor de R$ 500 mil por hipótese de incidência.

A determinação foi após o Ministério Público deflagrar a Operação Queijo Compen$ado 3 que tenta combater e punir as alterações na produção do queijo.

Também determinou em tutela provisória, a obrigação de não fazer para que os demandados se abstenham de proceder à produção, o transporte e o fornecimento de produtos lácteos que não atendam às normas legais, também sob pena de multa de R$ 500 mil por hipótese de ocorrência de descumprimento.

A justiça ordenou ainda a quebra do sigilo bancário, fiscal e bloqueio de valores, bem como a indisponibilidade de bens imóveis e veículos dos investigados, a fim de evitar a venda do patrimônio e garantir a devida indenização aos consumidores.

Uma empresa que produz queijo em Tenente Portela foi interditada e seu administrador preso durante a Operação Queijo Compen$ado 3 deflagrada no início deste mês. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a empresa portelense desde o ano de 2014 quando começou a operar já contabiliza 3 interdições, teve mais de 11 mil peças de queijo apreendidas e recebeu multa que ultrapassam os R$ 600 mil.

http://www.portelaonline.com.br/site/noticia.php?id=30879

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas