ÔĽŅ Latic√≠nios pedem urg√™ncia em solu√ß√£o para bloqueio de caminh√Ķes

Latic√≠nios pedem urg√™ncia em solu√ß√£o para bloqueio de caminh√Ķes

Caminhoneiros fazem protesto contra a alta no preço dos combustíveis na BR-040, próximo a Brasília.
O Sindicato da Ind√ļstrias de Latic√≠nios do RS (Sindilat) vem a p√ļblico solicitar uma r√°pida resposta do governo ao pleito dos caminhoneiros que realizam manifesta√ß√£o nas estradas ga√ļchas e de todo o Brasil pela redu√ß√£o do pre√ßo do √≥leo diesel. O ato est√° represando cargas de produtos perec√≠veis da cadeia produtiva nas vias ga√ļchas e j√° compromete a atividade fabril nesta ter√ßa-feira (22/5).
Sem a libera√ß√£o dos ve√≠culos, os latic√≠nios ga√ļchos ficam impossibilitados de realizar a capta√ß√£o de 12,6 milh√Ķes de litros de cru em 65 mil propriedades rurais do Rio Grande do Sul. O leite √© um produto vivo e sujeito a r√≠gidas normas de capta√ß√£o. Se os ve√≠culos n√£o chegarem √†s propriedades dentro do prazo, os produtores ter√£o sua produ√ß√£o descartada, um preju√≠zo gigantesco para um setor que vive momento de dificuldade √≠mpar em sua hist√≥ria.
O Sindilat compreende a legitimidade da manifesta√ß√£o e se solidarizam com o movimento dos caminhoneiros, mas, em car√°ter emergencial, solicita que o governo e as autoridades competentes negociem com os manifestantes a flexibiliza√ß√£o para o livre tr√Ęnsito de caminh√Ķes de leite carregados ou n√£o, at√© porque estes est√£o devidamente identificados para essa finalidade conforme prev√™ a Lei do Leite.
http://www.destaquerural.com.br/2018/05/22/laticinios-pedem-urgencia-em-solucao-para-bloqueio-de-caminhoes/
Toda reclama√ß√£o originada das informa√ß√Ķes contidas no site de eDairy News ser√° submetida √† jurisdi√ß√£o dos Tribunais Ordin√°rios do Primeiro Distrito Judicial da Prov√≠ncia de C√≥rdoba, Rep√ļblica Argentina, sediado na Cidade de C√≥rdoba, com exclus√£o de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Crit√©rios na modera√ß√£o de coment√°rios em termos de publica√ß√£o e Not√≠cias de produtos em todas as suas publica√ß√Ķes.

  • No s√© considerar√°n insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador √≥ editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirma√ß√£o de moderador.
  • Cr√≠ticas destructivas infundadas e gratuitas, express√Ķes de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xen√≥fobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar v√≠nculos de p√°ginas web sem links para o tema, corre√ß√Ķes eletr√īnicas, etc ...)
  • Coment√°rios que n√£o tem sentido com a nota no setor l√°cteo.

Related posts

ÔĽŅ
Top