Leite ”Fome Zero” atenderá a mais 128 municí­pios baianos

Leite ”Fome Zero” atenderá a mais 128 municí­pios baianos

Salvador  – A partir deste ano, o Programa Leite Fome Zero vai incluir mais 41 mil crianças e 128 municí­pios baianos, passando de 105 para 145 mil beneficiários e de 192 para 320 municí­pios. Com o objetivo de apresentar o programa aos prefeitos dos novos municí­pios e capacitar os coordenadores para a operacionalização do programa, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate í  Pobreza (Sedes) realiza, nesta terça-feira (22), o Encontro de Gestores Municipais do Programa Leite Fome Zero, na União de Prefeitos da Bahia (UPB).

Para o evento está prevista a participação de 250 pessoas. Até dezembro deste ano, o programa conta com investimentos na ordem de R$ 94.386.447,72, sendo R$ 73.688.029,77 do MDS e R$ 20.698.417,95 da Sedes, utilizados diretamente na aquisição de leite produzido por pequenos agricultores familiares. “Esta ação resulta, também, no fortalecimento da cadeia produtiva do setor lácteo, por meio da geração de renda e da garantia de preço do produto, constituindo-se em um exemplo de mercado institucional e na aplicação da polí­tica de segurança alimentar e nutricional”, salienta a superintendente de Inclusão e Assistíªncia Alimentar da Sedes, Elane Ferraz.

http://www.jornaldamidia.com.br/2012/05/21/leite-fome-zero-atender-mais-128-municpios-baianos/#.T7ufUlLTXQs

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top