#Leite: Abapa realiza encontro com produtores da região sudoeste

#Leite: Abapa realiza encontro com produtores da região sudoeste

 

Com o intuito de divulgar e demonstrar o funcionamento da mini-colhedora de algodão, cedida pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), em regime comodato, para os pequenos produtores da Associação dos Produtores de Leite e Algodão de Malhada (Aproleite), a Abapa realizou treinamentos e palestras, na segunda quinzena de junho, na comunidade de Riachão, município de Malhada, região sudoeste da Bahia.

 
Para a presidente da Abapa, Isabel da Cunha, a entidade incentiva a cotonicultura, e acredita no potencial da região. “Desenvolvemos um projeto de incentivo à cotonicultura na região e damos todo o suporte necessário, para que o pequeno produtor continue plantando algodão. Essa colheitadeira era uma das demandas desses produtores e com muita satisfação estamos atendendo”, disse Isabel.

 

 
Será a primeira vez que o pequeno produtor Sabino Andrade Souza Filho, vai usar a colhedora em sua pequena área de dois hectares, na comunidade de Riachão. “Uma das grandes dificuldades hoje é a mão de obra para ajudar a colher o algodão, essa colheitadeira vai nos ajudar muito, estamos ansiosos para começar a usar”, disse o produtor.

 
Durante o evento, o engenheiro agrônomo do Programa Fitossanitária da Abapa, José Lima Barros, ministrou uma palestra sobre Plantio Direto na Palha do algodão. “Essa tecnologia leva a redução de custos e tentativa de amenizar veranicos que ocorrem frequentemente na região”, disse José Lima.

 
A doação da mini- colhedora foi realizada através de recursos do Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro).
http://jornalnovafronteira.com.br/index2.php?p=MConteudo&i=11401

 

 

 

Toda reclamação originada das informações contidas no site de eDairy News será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, sediado na Cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outro local, incluso o Federal.

*

Critérios na moderação de comentários em termos de publicação e Notícias de produtos em todas as suas publicações.

  • No sé considerarán insultos de qualquer tipo em contra de qualquer persona, sea usuario, moderador ó editor. Apenas se aceitar denuncias realizadas com nome e apelido do autor do comentario, previa confirmação de moderador.
  • Críticas destructivas infundadas e gratuitas, expressões de mal gusto, sean ofensivas, racistas ou xenófobas.
  • Hacer SPAM, (Insertar vínculos de páginas web sem links para o tema, correções eletrônicas, etc ...)
  • Comentários que não tem sentido com a nota no setor lácteo.

Related posts


Top