#Leite: Cade aprova mudanças em parceria comercial entre Nestlé e Fonterra – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |10 julio, 2014

Indústria | #Leite: Cade aprova mudanças em parceria comercial entre Nestlé e Fonterra

  O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, operação entre a suíça Nestlé e a neozelandesa Fonterra…

 
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, operação entre a suíça Nestlé e a neozelandesa Fonterra pela qual haverá uma dissolução parcial da parceria criada entre as duas empresas para atuar no setor de leite em pó e de produtos lácteos refrigerados e líquidos em países da América Latina. A aprovação do negócio consta de despacho publicado no Diário Oficial da União.

A parceria funciona por meio de várias joint ventures formadas pelas duas companhias. No Brasil, o acordo resultou na criação da DPA Manufacturing Brazil (DPAM) e da Dairy Partners Americas Brasil (DPA-CL), conjuntamente denominadas DPA, com 50% de suas cotas detidas pelo Grupo Fonterra e 50% pelo Grupo Nestlé.

Com a reestruturação da parceria, segundo informou a Nestlé em maio, “as fábricas de leite em pó da DPA no Brasil, Argentina, Equador e Colômbia serão novamente operadas pela Nestlé, assim como a área de leite líquido no Equador”. Já o segmento de leite refrigerado e líquido na Venezuela voltará para as mãos da Fonterra, que vai operá-lo com um parceiro local. No Brasil, a joint venture continua comercializando produtos lácteos refrigerados, com participação de 51% da Fonterra e de 49% da Nestlé.

http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Economia-e-Negocios/noticia/2014/07/cade-aprova-mudancas-em-parceria-comercial-entre-nestle-e-fonterra.html

 

 

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas