#Leite: China corta número de marcas de fórmulas infantis permitidas para menos de 100 – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |6 junio, 2014

Leite | #Leite: China corta número de marcas de fórmulas infantis permitidas para menos de 100

    Apenas 94 marcas estrangeiras de fórmulas infantis até agora receberam a aprovação para venda na China sob as…

 

 
Apenas 94 marcas estrangeiras de fórmulas infantis até agora receberam a aprovação para venda na China sob as novas regulamentações – menos que as supostamente 800 que tinham permissão anteriormente.

A Administração de Certificação e Credenciamento da China (CNCA) anunciou em 1 de junho que até agora, 94 marcas de fórmulas infantis líquidas e em pó processadas em 49 companhias separadas na Ásia, Europa e América do Norte, obtiveram permissão para entrar no país. Abbott Laboratories, Nutricia, Arla Foods, Nestlé, Mead Johnson, Nutrition, FrieslandCampina Domo, Fonterra e Murray Goulburn estão entre os nomes da lista.

De acordo com informações da China, o número de marcas com permissão antes da nova regulamentação era de 800 a 1000.

Os produtos processados por companhias de fórmulas infantis que não estão na Lista de Processadoras de Lácteos Estrangeiras Registradas da CNCA não têm permissão para entrar na China. A lista pode ser atualizada a qualquer momento baseado em solicitações feitas pelos fabricantes, disse a CNCA.

A lista da CNCA foi estabelecida de acordo com o Decreto 145, também conhecido como Medidas Administrativas para Registro de Processadores Estrangeiros, pela Administração Geral do Estado da República Popular da China para Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena.

Segundo a regulamentação revisada, autoridades estrangeiras, incluindo a Administração de Alimentos e Drogas (FDA) dos Estados Unidos e o Ministério para Indústrias Primárias (MPI) da Nova Zelândia, precisam fornecer à CNCA uma lista de processadores credenciados. Em abril de 2014, o MPI revelou que a auditoria chinesa – requerida para a adição na lista da CNCA – de 13 processadoras de fórmulas infantis da Nova Zelândia, “todas, exceto uma, precisavam tomar medidas antes do registro se completar”. Apesar dessa previsão, oito processadoras de fórmulas infantis da Nova Zelândia – Nutricia, Westland Cooperative, Canpac International, Guardians, Sutton Group, Dairy Goat Cooperative NZ, Fonterra e GMP Dairy – estão na lista.

Os esforços da CNCA foram imitados domesticamente nos últimos seis meses, com uma campanha para aumentar o padrão das fórmulas infantis produzidas no mercado interno. As medidas, que foram designadas para “fortalecer mais a qualidade e a segurança” das fórmulas infantis feitas na China, envolveram o desenvolvimento de medidas novas e mais rígidas de processamento.

Na semana passada, a Administração de Alimentos e Drogas da China (SFDA) anunciou que as permissões de produção de mais de um terço das processadoras de fórmulas infantis do país não foram renovadas. Em uma declaração postada em seu site na internet, a SFDA disse que apenas 82 das 133 que solicitaram a renovação tiveram sucesso. As 51 restantes “falharam ou pediram para adiar a investigação e algumas delas se retiraram do setor”.

A reportagem é do Dairy Reporter, traduzida pela Equipe MilkPoint Brasil.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas